Por Roberto Kuppê (*)

Quarta 15, Dia D

Nesta quarta-feira (15), encerra o prazo para registro dos candidatos pelos respectivos partidos (envio até 19h pelo sistema eletrônico do TRE/PJE). De 16 a 30 de agosto: Qualquer cidadão no gozo dos plenos direitos políticos poderá solicitar a pedido via PJE/TRE impugnação de candidato (novidade trazida pela Mini Reforma Eleitoral), além dos partidos políticos com representatividade e o próprio Ministério Público Eleitoral (existentes na legislação antes da Mini Reforma Eleitoral). Após o dia 30 de agosto serão homologados oficialmente os candidatos à eleição 2018 aptos a concorrerem ao pleito. Recursos de candidatos não aptos a participarem do pleito eleitoral serão apreciadas pelos respectivos TREs e TSE no decurso do prazo estabelecido à legislação eleitoral vigente. Propaganda na Rádio e TV se inicia só a partir do dia 31 de agosto permanecendo até 04 de outubro, após a homologação dos aptos e inaptos a concorrem na eleição 2018.

MDB unido, ainda que tardio

O MDB de Rondônia resolveu se unir, após expor as vísceras para quem quisesse ver. Desnecessária e prejudicial a briga entre Maurão de Carvalho e Confúcio Moura. Agora de mãos dadas e sob a batuta de CM, o MDB tentará levar MC ao segundo turno. Uma missão quase impossível porque os demais candidatos ao governo de Rondônia estão disparados em campanha.

Vice aniversariando hoje

E por falar em MDB, hoje é o aniversário do candidato a vice-governador, Wagner Garcia. Ele completa 52 anos em campanha. WG foi o grande responsável por deixar as contas do governo do Estado em dia, completamente saneadas.

PT saudações

E como está a questão do PT de Rondônia? Tá assim, ó. A Executiva Nacional está obrigando a Executiva Estadual a cumprir a decisão de coligar o partido com o PSOL e lançar Fátima Cleide ao Senado. Neste caso o PSOL lançaria Pimenta de Rondônia ao governo, tendo Paulo Benito como vice.

                                   Estelionato gospel

O auto denominado apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial Poder de Deus, é um dos maiores picaretas gospel do Mundo. Muitas denúncias de estelionato contra ele. A mais recente, a de um homem que foi pago para “levantar” de uma cadeira de rodas. O pior é que políticos como João Dória, Michel Temer, Geraldo Alckmin e até o nosso ex-senador Ivo Cassol (PP) já caíram na lábia desse picareta. Ah, e por conta disso, a Procuradoria Regional Eleitoral em Rondônia pediu ao Tribunal Regional Eleitoral a abertura de ação de investigação contra Ivo Cassol, o apóstolo Valdomiro Santiago e mais seis pessoas por abuso de poder político e econômico e uso indevido dos meios de comunicação relativas a um show evangélico em Rolim de Moura.

Bora lá?

A candidata a deputada estadual Luciana Oliveira (PSB) é uma das promessas de mudanças nestas eleições. A eleição dela é uma certeza de que setores como a cultura, a diversidade e os direitos humanos serão priorizados. O combate à corrupção também.

Mudar, tá na minha voz e no meu coração.Espalho meu canto para tecer uma nova manhã, um novo amanhã para Rondônia.Empresto o poema de João Cabral de Melo Neto para ampliar a mensagem na música que Túllio Nunes fez pra mim, com participação vocal de Patrícia Morais."Um galo sozinho não tece uma manhã: ele precisará sempre de outros galos. De um que apanhe esse grito que ele e o lance a outro; de um outro galo que apanhe o grito de um galo antes e o lance a outro; e de outros galos que com muitos outros galos se cruzem os fios de sol de seus gritos de galo, para que a manhã, desde uma teia tênue, se vá tecendo, entre todos os galos."

Publicado por Página "Luciana Oliveira" em Terça-feira, 5 de junho de 2018

 

Mulheres de RO e AC pró-Lula

Um ônibus com mulheres de Rondônia e Acre partiu ontem de Porto Velho. Essas mulheres vão participar da grande mobilização do “Ocupa Brasília” neste dia 15 de agosto, quando será feito o registro da candidatura de Lula à Presidência da República. Essas mulheres do Norte vão se somar aos milhares de brasileiras e brasileiros que estarão ocupando Brasília, numa demonstração clara de que o povo quer Lula livreNesta foto elas pararam próximo à Pimenta Bueno, por volta das 19h deste domingo, para fazer a ‘janta coletiva’.

Campanha de 90

O colunista que vos escreve estava engajado na campanha de Olavo Pires em 1990, ao governo de Rondônia. Momentos tensos, tristes e ameaçadores. OP era atacado de todos os lados. Muitas acusações infundadas. O temperamento explosivo dele também não ajudava. Out doors assinados pelo então deputado estadual Amizael Silva (PDS) diziam: “Diga não ao traficante”. Fake news à moda antiga. Aquilo colou na imagem de Olavo. E colou no subconsciente do eleitor. Mesmo assim ele foi para o segundo turno. Foi então que decidiram por assassiná-lo. Curiosamente, o eleito foi Osvaldo Piana, do então PDS de Amizael Silva. Coincidência? Mero acaso? 28 anos depois o mandante ainda não foi preso.

 

(*) Roberto Kuppê é jornalista e articulista político

Colaborou Victória Bacon- jornalista e cientista político

Facebook Comments