Coluna do RK- Bastidores da política nacional e regional

0
1383


Por Roberto Kuppê (*)

Fátima Cleide

A ex-senadora Fátima Cleide (PT) está sendo vítima do que o Papa Francisco falou esta semana numa homilia, no Vaticano. De ataques infundados à sua pessoa, com o intuito de manchar a honra dela e assim, prejudica-la nas eleições. É o modus operandis da direita, a única forma de elegerem a quem eles querem. Prenderam Lula inocente para que? Para tirá-lo da disputa, claro. Tudo isso para continuar com o desmonte do País que está à beira de um precipício. Os coxinhas, porém, já caíram na real. Sentiram no bolso na hora de abastecer seus carros financiados durante os governos Lula e Dilma. Mas, enquanto os cães ladravam, Fátima Cleide participava da Conferência da Amazônia realizada em Rio Branco (AC). Veja vídeo abaixo:

Conferência da Amazônia realizada em Rio Branco- Acre 17 a 19 de maio de 2018

Publicado por PT Rondônia em Sexta, 18 de maio de 2018

PT-PDT em Rondônia?

Paulo Benito é pré-candidato ao governo do PT

Governadores e dirigentes petistas estão empenhados em ampliar as alianças com partidos que compõem a base do governo de Michel Temer (MDB) e apoiaram o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). De acordo com a Folha de S. Paulo, uma resolução petista, de dezembro de 2017, determina como núcleo de alianças partidos que votaram contra o impeachment e as medidas do governo Temer. No entanto, em pelo menos 16 estados as negociações vão na contramão. Em estados onde o PT não tem candidatos competitivos, o partido tentará buscar alianças com o objetivo de manter o tamanho de sua bancada no Congresso. Por exemplo, nas Alagoas, o PT deve apoiar Renan Filho, do MDB. Na Bahia, para reeleger Rui Costa, o PT vai ter que compor com PSD, PP, PR, PDT, PSB e PCdoB. No Ceará, para reeleger Camilo Santana, o PT deverá fechar com PDT, MDB, DEM, PSB, PTB, PP, PR, PRB, PV e PPS. Em Minas, para reeleger Fernando Pimentel, fechará com PCdoB, Pros e PRB. No Pará, o PT lançará a candidatura do senador Paulo Rocha ou apoiará a Helder Barbalho (MDB). No Piauí, a reeleição de Wellington Dias só ocorrerá se fechar com PP, MDB, PDT, PTB, PSD e PCdoB. E, em Rondônia, o PT poderá sair com candidato próprio, no caso, o jornalista Paulo Benito, ou apoiar o candidato do PDT/PSB. A decisão do PT de Rondônia será tomada neste sábado, 26, em Ji-Paraná.

Guedes ou Expedito Júnior?

O ex-prefeito de Porto Velho, José Guedes vai bater chapa com Expedito Júnior na convenção estadual do PSDB que escolherá o candidato ao governo de Rondônia. A deputada federal Mariana Carvalho é carta fora do baralho. Vai disputar a reeleição apenas. O irmão dela, Maurício Carvalho vai disputar uma cadeira de deputado estadual.

                    Expedito, coringa!

Expedito Júnior (PSDB)

O ex-senador expedito Júnior está à cavalheiro. Tanto faz sair ao governo quanto ao Senado Federal, é um dos favoritos. A vantagem da opção Expedito é a aproximação com Ivo Cassol, um bom de voto que dificilmente vai conseguir registrar a candidatura dele ao governo. IC e EJ são carne e unha.

Cofen em Porto Velho

Porto Velho está sendo, por uma semana, a capital da Enfermagem brasileira. A cidade recebe, de 21 a 25 de maio, a 501º Reunião Ordinária de Plenária (ROP) do Conselho Federal de Enfermagem. Além de processos administrativos, estão em pauta pareceres normativos, minutas de resolução e relatórios, como o da Força Nacional de Fiscalização (FNFIS) sobre a operação em Rondônia que fiscalizou 24 instituições de Saúde nos municípios de Porto Velho, Ji-Paraná e Ariquemes.

O níver de Manoel Neri

Há quem diga que o Cofen escolheu Porto Velho para comemorar o aniversário do presidente da entidade, Manoel Néri, numa festa que poderia ser em Brasília, na sede. O Cofen nega enfaticamente e avisa que há reuniões em várias capitais todos os anos. Manoel Néri, do PCdoB, sonha ser candidato ao Senado por uma das vagas – numa eventual dobradinha com o senador Valdir Raupp (MDB).

Tá nervoso? Vai pescar!

O governador Daniel Pereira (PSB) está levando a sério o incentivo à pesca para alavancar o turismo em Rondônia. Tanto que contratou um expert no assunto. Mas, DP foi conferir no último final de semana o potencial de nossa piscicultura. Pescou ao lado de, nada mais, nada menos, do senador Ivo Cassol (PP). Além de peixe, o que será que DP pescou com IC? O curioso é que nenhuma das duas autoridades registrou a pescaria nas redes sociais.

Jesualdo Pires

O ex-prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), não quer nem ouvir falar em pilotar uma candidatura ao governo, em caso de impedimento de Acir Gurgacz (PDT). Ele quer mesmo é ser senador da República! É que volta e meia estão incluindo o nome dele na lista de potenciais candidatos ao governo.

Desabastecimento no aeroporto JK de Brasília

A paralisação dos caminhoneiros deve parar o aeroporto de Brasília na tarde desta quarta-feira. É que dos 20 caminhões de combustíveis diários, apenas quatro passaram ontem pela barreira. A ordem é parar tudo. Com isso, quem tiver voos saindo de Brasília na noite de hoje, é melhor se preparar para transtornos.

Rondônia Rural Show

Teve início hoje 7ª Rondônia Rural Show. O governador Daniel Pereira abriu a feira que aquece o agronegócio e segue até 26 de maio, sábado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(*) Roberto Kuppê é jornalista e articulista político

Facebook Comments