Por Roberto Kuppê (*)

                                   

                                           E o vice de HC?

Mais um mistério ronda o tucanato municipal. Quem será o escolhido pelo prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves(PSDB) para vice dele? Alguns nomes estão na disputa como os vereadores Maurício Carvalho (PSDB) e Jurandir Bengala (PL), além dos fortes concorrentes Thiago Tezzari (PSD) e Fabrício Jurado (DEM), que abdicaram de suas respectivas candidaturas à prefeito de Porto Velho. Não faltam boas opções. O ungido, se HC for reeleito, vai herdar a prefeitura por dois anos em 2022, quando o prefeito deverá disputar uma vaga do Senado ou a governador de Rondônia.

                                       A esquerda sobe

Três candidatos da esquerda portovelhense estão bem colocados na opinião pública, no momento em que o bolsonarismo está em declínio. O fenômeno Vinícius Miguel (Cidadania) está assustando a concorrência com a sua franqueza e empatia popular. Ramon Cujuí, um dos melhores quadros do PT, está reconquistando os eleitores com sua simpatia e capacidade. Dono de uma alma humana e solidária, Ramon poderá ser uma surpresa nas urnas. Por último, Samuel Costa (PCdoB), imprimindo um ritmo de campanha muito firme e aguerrida, que também poderá surpreender a concorrência.

                                            Reconstrução nacional

Ex-presidente Lula em pronunciamento de 7 de setembroLula lança hoje o O Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil idealizado e elaborado pela Fundação Perseu Abramo e pelo Partido dos Trabalhadores. O plano reúne propostas ao mesmo tempo factíveis e ambiciosas para salvar vidas, gerar empregos e renda, desenvolver a economia nacional, radicalizar a democracia hoje ameaçada, promover a soberania e construir um novo país. As propostas pressupõem uma nova orientação para a nação brasileira, baseada na ampliação da igualdade, das liberdades, da soberania, na qual o Estado assuma o papel principal de indutor do desenvolvimento de um novo tipo. Foram concebidas com base em contribuições de centenas de pessoas de origem diversa – trabalhadores, mulheres, negros, indígenas, representantes do setor público, LGBTQI+, artistas e intelectuais profundamente comprometidos com uma luta por melhor qualidade de vida para a população.

                             Mulher, negra e PM!

A escolha da Tenente Heline Braga para vice de Vinícius Miguel (Cidadania), foi acertada. Mulher, negra, ativista, esportista e policial militar! Uma justa homenagem às mulheres portovelhenses. Heline é uma mulher extraordinária, mãe de família e uma esposa exemplar. Vinícius escapou de pegar um péssimo vice, indicado de cima para baixo.

                           

    Instituto Rondon, 13 anos

Hoje completa 13 anos que fundamos o Instituto Rondon (ex-Instituto Matheus Moraes), que no momento está fechado esperando a pandemia passar para darmos prosseguimento. Com idealismo e dedicação à causa humana, nós acreditamos que podemos contribuir com o meio ambiente, com as causas indígenas e com a redução das desigualdades com projetos de grande alcance social.

 

                                             Pauta da esquerda

Foto: G1

Parece que só a esquerda respira. As causas ambientais não tem sido pautas de parlamentares de Rondônia, a maioria de direita. Com exceção do senador Confúcio Moura (MDB) e do deputado federal Mauro Nazif (PSB), as causas ambientais e indígenas são ignoradas pela bancada federal. Não deveria. Hoje a Amazônia arde em chamas, animais são mortos pelas queimadas e não vemos o clamor da população. Enquanto isso a temperatura sobe e poderá vir uma tragédia por aí. A fumaça das queimadas está invadindo países da América do Sul como Chile, Peru e Argentina.

 

                                      Todo mundo odeia o…

Tem um candidato a vereador de Porto Velho que poderá levar o título de “Chris”, aquele que todo mundo odeia.  Que cara chato. Até parece que tem votos. Vai levar uma surra nas urnas. Da mesma forma, tem um candidato a prefeito chato de galocha.

 

                                              Dabson Bueno

Dentre todas as publicações realizadas na pré-campanha pelos pretendentes à Câmara de Vereadores de Porto Velho na redes sociais, a de Dabson Bueno, do MDB, foi a mais assertiva em relação ao conteúdo (prioridade na inclusão social e no empreendedorismo), e a com o visual mais bonito. Mensagens claras e bem embaladas parecem ser a tônica do forte concorrente do MDB. Dabson será importante na campanha de Williames Pimentel (MDB), rumo à prefeitura de Porto Velho. Se eleito, Pìmentel vai precisar de uma boa bancada de vereadores e Dabson, com certeza, será um parlamentar muito útil para o prefeito.

 

 

                                  Pesar por Emanuel

Emanuel Pontes Pinto - Historiador, Professor e Escritor. Filmagem realizada em 14.07.2016, no RJ. - YouTubeÉ com pesar que registramos a morte de Emanuel Pontes Pinto, irmão do pioneiro Flodoaldo Pontes Pinto, que juntos contribuíram com o desenvolvimento de Rondônia. Além de seringalista, escritor e historiador, Emanuel foi dono do extinto jornal  O Guaporé, no qual este colunista publicou uns artigos na década de 80.

 

                                       O amor existe

Qual o problema para a humanidade, duas pessoas do mesmo sexo que se amam, juntarem os guarda-roupas e dividirem a mesma cama, compartilharem da mesma mesa de jantar? Qual o problema de dois homens ou duas mulheres que se amam, expressar esse amor? “A Bíblia”. Na Bíblia também está escrito não matarás, não roubarás, não mentirás, não desrespeitarás pai e mãe. E, no entanto, as pessoas só leem a página de “não deitarás”. Viva o amor sob todas as formas. O que não pode é casar e depois espancar ou matar o “conje”.

                                  A era do ódio

Frederico Trajano diz que em 15 anos, de 250 trainees que atuaram na empresa, só 10 eram negros
Imagem: Reprodução/YouTube

Em tempos da criminalização do politicamente correto, a atitude da Magazine Luiza já está causando crítica dos fascistas bolsominions. A decisão do Magazine Luiza em colocar apenas negros em seu próximo programa de trainees, conforme noticiado pelo Estadão/Broadcast teve, segundo o presidente da empresa, Frederico Trajano, um componente matemático. De um lado há o desequilíbrio entre o número de funcionários e o de lideranças negras dentro da empresa. Por outro, ter à frente pessoas que refletem a realidade da população brasileira levará a tomadas de decisão que aumentarão as vendas e gerarão maior valor ao acionista. “Somos responsáveis por quem selecionamos e promovemos”, diz. “Claramente, se temos 53% da equipe negra e parda e só 16% de negros e pardos em cargos de liderança, há um problema para resolver com uma ação mais concreta”, diz o CEO da Magalu Frederico Trajano. Bolsominions dizem que isso é racismo. Eles atacam a Magalu por fazer a coisa certa.

Amanhã tem mais uma live do Ramon

Photo by Lhano Fernandes Adorno on September 21, 2020. A imagem pode conter: 3 pessoas, atividades ao ar livre e água, texto que diz "PENSANDO PVH. PVH RAMON CUJUI, Pré-candidato aPrefeito AGRICULTURA FAMILIAR EM PORTO VELHO CLAUDINHA DO AGRÁRIO Pré-candidata a Vereadora 22/SET TERÇA-FEIRA 19HORAS ITAMAR LOPES ré-candidato Vereador TRANSMISSÃO: WWW.FACEBOOK.COM/RAMONCUJUIRO".

(*) Roberto Kuppê é jornalista e articulista político

Facebook Comments