Por Roberto Kuppê (*)

O Brasil que eu quero

A Rede Globo fez uma campanha nacional em 2018, período pré-eleitoral e pré-prisão de Lula, denominada “O Brasil que eu quero”. Milhões de brasileiros participaram enviando vídeos. Pois bem. Dois anos depois, o Brasil que as pessoas queriam é esse que aí está. Uma bosta! O Brasil que nós tínhamos antes do golpe de 2016 é, na verdade, o Brasil que todos queremos de volta em 2022. Sem a corrupção, claro. Abaixo, a capa de IstoÉ de 2010, governo Lula.

 

A Venezuela que a direita temia sob o governo petista, já é uma realidade brasileira. Elegeram um facínora genocida, que nega a ciência, privilegia os ricos e despreza os pobres. Ah, e o auxílio emergencial? Se não fosse a esquerda o brasileiro tinha morrido de fome, pois a proposta do ministro Paulo Guedes, seria de apenas R$ 200 reais. E graças à maioria dos governadores e prefeitos, as consequências da pandemia não estão piores, pois, se dependesse de Bolsonaro, 70% dos brasileiros iriam pegar a Covid-19. Palavras dele, do genocida.

 

Rodrigo Maia, culpado!

Não é só o presidente Bolsonaro culpado pelo genocídio (mais de 90 mil mortes por Covid-19), mas, também os chefes do Congresso Nacional, ou sejam, Rodrigo Maia-DEM (Câmara) e Alcoolumbre-DEM (Senado). Pqp! Eles nada fazem para impedir a morte de mais pessoas. Eles apoiam Bolsonaro, direta e indiretamente. Por isso Bolsonaro deita e rola. Brinca com a vida das pessoas.

O caso Felipe Neto

O youtuber Felipe Neto está comendo o pão que o diabo amassou, depois que virou esquerdista. Antes, durante os governos petistas, Felipe Neto era de direita e deitava discurso de ódio contra a esquerda. Nunca foi retaliado, incomodado, processado. Agora que se arrependeu de apoiar Bolsonaro, ele está sentindo na pele o que é estar contra a direita fascista. Felipe está sendo alvo de fake news da forma mais letal: relacionando ele à pedofilia. Felipe Neto é gay, mas não é pedófilo. Gosta de homens, não de crianças. Não tem atração sexual por crianças, melhor dizendo.

 

Marcos Rocha manda recado

O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha (sem partido), mandou um recado ontem, para alguém do governo dele. Alguém muito influente, que pode estar envolvido no caso da compra de testes rápidos por R$ 10 milhões, cujos equipamentos não estariam de acordo com a Anvisa e de pouco adiantaram. Uns trechos da fala de MR no Facebook: “A Operação Polígrafo está investigando se existiu fraudes e beneficiamento na compra de testes rápidos. Como todas as operações da nossa Polícia Federal, Civil e Militar, essas devem ser incentivadas intensamente. E tudo que estiver em meu poder, será para facilitar e permitir que ela faça todo seu ciclo de forma rápida e eficiente. Se alguém indicado por mim ou algum secretário foi beneficiado de forma ilícita, durante meu governo, deve ser responsabilizado e punido exemplarmente. INDEPENDENTE de quem seja. É vergonhoso alguém se aproveitar do sofrimento alheio para ter vantagem pessoal. Me perdoem a expressão, mas é “voadora no pescoço”. Sem aliviar a barra! Sem discussão. Se for provada ilicitude de algum servidor durante todo meu governo, haverá todo o rigor da lei. Faço questão que assim seja!”. Recado dado.

Aumento de casos

O fato é que o número de casos aumentou e um provável colapso do sistema de saúde (leitos de UTI), está próximo. O relaxamento do isolamento está se materializando em casos e mortes pela Covid-19. De acordo com pesquisa realizada pelo articulista Itamar Ferreira, é melhor evitar adoecer por Covid-19 de hoje em diante: “Em 30/07 a taxa de ocupação de UTI foi 82,2% na rede privada e 70,8% na pública. E o número de novos infectados pelo coronavírus nos últimos 7 dias foi 4.327. Se destes mais de 4 mil 5% desenvolver a forma grave de Covid-19, serão mais de 200 doentes que poderão precisar de uma UTI, nos próximos 14 dias; ou seja, não terá vaga. E o número de contaminados aumenta diariamente. Só em 30/07 foram 773 e 5% destes seria 39 possíveis portadores de Covid-19 nas próximas duas semanas”.

Daniel na cova dos leões

Querem transformar o ex-governador de Rondônia, Daniel Pereira (Solidariedade), no novo Roberto Sobrinho (PT), ex-prefeito de Porto Velho que foi acusado de corrupção durante dez anos para depois ser inocentado, custando ao petista um quase fim político. Estão perseguindo Daniel Pereira, tentando envolvê-lo em ilícitos que ele não cometeu.

Vinícius comemora aniversário

O advogado, ativista e pré-candidato à prefeito de Porto Velho, Vinícius Miguel (Cidadania), comemora hoje um ano que foi ao TCE-RO pedir transparência ao governo de Rondônia. “Há um ano, eu e Vinicius Canova (jornalista) íamos ao TCE contra decisão do Governo de Rondônia de bloquear e impedir acesso a TODOS os DOCUMENTOS PÚBLICOS que tramitam no Sistema Eletrônico de Informações (SEI). A medida fere de morte à transparência e viabiliza tão somente o detestável segredo do Estado! Desde então, somente sobre esse tema, já fui (incluindo outras pessoas, como advogados e jornalistas), outras duas vezes ao órgão de controle externo, que determinou a abertura dos dados – decisão que continua DESCUMPRIDA.” Esperava o que, de um governo militar? A imagem pode conter: texto que diz "Excelentissimo Dr. Conselheiro Ouvidor Tribunal de Contas ao Estado. Em cópia ao Sr. Dr. Procurador Geral de Justiça do MPE/RO. TRIBUNAL CONTAS RONDONIA Assunto: Representação por Negativa Transparência (Ativa) pelo Estado Negativa irrestrita dados informações contrariando LAI. Violação Publicidade. PROTOCOLO 02185/1 RECEBIDO EM:3110H/ Rondônia. Vinicius Canova Miguel. Da31 Dos Fatos emconjunto com Vinicius Valentin Raduan Énotório que todos saoeletronicos, SEI. procedimentos atos administrativos, atualmente, âmbito do Governo do Estado Rondonia,"

George e Pimentel

O ex-secretário de Planejamento George Braga, está na disputa, com o ex-secretário de Saúde, Williames Pimentel, a indicação para candidato à prefeito de Porto Velho pelo MDB. Ambos, ex-secretários no governo Confúcio Moura (MDB). Pode ser que um saia vice do outro, o que se configuraria numa chapa forte. Ambos são bacharéis em Direito, bons gestores e bem avaliados nas funções que prestaram serviço. O nome do MDB sai na próxima semana.

Denúncia DER

Um ex-chefe no DER saiu de determinado setor porque cometeu assédio moral. Na época teve abaixo assinado, movimento de funcionários na frente do DER. Na ocasião o Samu foi acionado porque ele colocou terror em um servidor idoso, de 64 anos, com décadas de serviços no DER. O servidor passou mal e registrou ocorrência (veja abaixo no final da coluna). Até o Homem do Tempo esteve lá, na época dos fatos. Tempos depois, quando a poeira baixou, o governador Marcos Rocha deu a ele um cargo muito bom no órgão. Salário altíssimo e praticamente ele decide tudo, para o desespero dos servidores do DER. O cara voltou com a corda toda para perseguir. Agente penitenciário de origem, o cara é odiado por todos à volta dele. Bom, a Coluna do RK dá nomes aos bois: Trata-se de Adriano Furtunato, atual diretor do COF setor importantíssimo no DER.

Denúncia DER 2

 Em 2016 ou 17 quando ele era gerente de uma unidade prisional em Porto Velho os servidores da Sejus pediram a saída dele e do Marcos Rocha que na época era secretário da Sejus. Teve até carro de som no CPA. Evangélico fervoroso o mesmo vive de destruir pessoas e perseguir por onde passa. Um sujeito difícil. Parece que tem transtornos mentais. Passou pela 13 décima terceira residência onde responde até hoje no MP por assédio moral. Lá deixou muitos servidores doentes com problemas psicológicos. Deixava dois funcionárias da cozinha de castigo até as 18 horas, quando todos já tinham ido embora as 17, apenas para mostrar força e maldade. Na Sejus ninguém quer ele. Então vive de puxar saco do marcos Rocha e também dizem que é assessor do deputado Ezequiel Neiva.

Denúncia no DER 3

Na saída dele da residência do DER de Porto Velho o abaixo assinado continha mais de 50 assinaturas,sendo 98% dos servidores, mas o governador deu um tempo para a poeira baixar e colocou o cara em um cargo melhor, onde ele é responsável destas residências, de Colorado a Porto Velho. A de porto velho está apavorada com a volta dele . Até diária e gratificações ele só concede pros amigos do rei. Os processos dele na corregedoria todos arquivados. Coisa pesada o DER perdoou, mas, quando é um servidor comum a punição vem a jato.

 

(*) Roberto Kuppê é jornalista e articulista político

 

(**) O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Mais RO não tem responsabilidade legal pela “OPINIÃO”, que é exclusiva do autor.

Facebook Comments