Coluna do RK- Bastidores da Política Nacional e Regional

Por Roberto Kuppê (*)

A vez da esquerda

Com a provável soltura de Lula e a alvissareira inocentação dele, a esquerda ganha um fôlego e tende a vir forte nas eleições de 2020. Para a prefeitura do Rio de Janeiro (RJ) a esquerda tem um nome forte, Marcelo Freixo (PSOL). O problema é que a esquerda carioca está dividida, o que é um erro. O PT quer apoiar Freixo, mas setores do PSOL não quer. Aliás, há racha até dentro do partido de Freixo que pensa em lançar o nome do vereador Renato Cinco para uma disputa interna. A direita, claro, está adorando.

Fator Marielle

O lamaçal no entorno da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL), envolve toda a estrutura do crime organizado do Rio de Janeiro, cujos tentáculos se estendem ao poder político e judiciário do Estado. Se essa gravíssima realidade não for resolvida com a “verdade”, caminharemos rapidamente para um país miliciano. Enquanto os Bolsonaros distraem o povo com pirotecnias grotescas, as questões criminais se camuflam e as econômicas avançam para a felicidade do “mercado”.

Fator Marielle 2

Quanto mais a verdade se aproxima, mais a família Bolsonaro tenta abafar as investigações. A coluna não entende o porquê. Pois o presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL-RJ) disse que não tinha motivos para matá-la. Ele não, mas, um dos filhos sim. A solução deste caso poderá deixar o presidente à beira de um impeachment. Aliás, para o afastamento não faltam motivos.

Ibaneis Rocha

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), está surpreendendo de verdade. Tem trabalhado como um louco, realizando diversas obras em apenas dez meses de mandato. Apesar de muitas realizações, o governo do DF não fez o balanço de 300 dias. Em tempo, a coluna reconhece que o ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB) não mereceu se reeleger.

300 dias de Bolsonaro

Quem não tinha nada a comemorar, comemorou. O presidente Bolsonaro reuniu ministros e alguns parlamentares para fazer um balanço dos 300 dias de governo. A coluna anotou algumas “obras”: fim das aposentadorias, privilégios mantidos, fim do Minha Casa Minha Vida e do Mais Médicos. O salário mínimo, mais mínimo do que nunca. Dezenas de ministros investigados e ou indiciados por corrupção. Anúncio da volta do AI 5. Exportação de 39 quilos de cocaína sem nota fiscal à bordo de um avião presidencial. Lei Rouanet que incentivava a cultura agora vai patrocinar eventos evangélicos. Quanto a recuperar a confiança, parece que não foi bem isso o que aconteceu com o leilão do pré-sal. Investidores estrangeiros (Sell, Exxon, Total) se afastaram dos pregões. Curiosamente, o único País que deu especial atenção ao presidente brasileiro foi a China comunista, que, inclusive, será sócia da Petrobras em uma das bacias de petróleo. A bandeira vermelha comunista vai ter que tremular ao lado da brasileira. Legal, né? Em nível mundial o prestígio de Bolsonaro é quase zero. Nem o amiguinho Trump o leva a sério.

                                    Gaiola das loucas

O Brasil, nos últimos dez meses está vivendo um momento peculiar, inusitado e hilariante. Vocês já sabem do que a coluna vai falar. Isso mesmo. Da revolta interna no bolsonarismo. As duas maiores vozes do PSL, Joice Hallsemman e Alexandre Frota, ambos deputados federais por São Paulo, estão detonando mísseis contra aquele que outrora chamavam de mito. Além dos dois parlamentares, o ex-líder do PSL, Delegado Waldir está pedindo a cabeça de Eduardo Bolsonaro. Isso sem falar que o próprio PSL está em vias de expulsar o presidente da República. Até o deputado federal  Kim Kataguiri (DEM-SP), que ergueu a bandeira de Bolsonaro, agora está visceralmente contra. Apoiadores como os cantores Lobão, Eduardo Costa (que revelou prejuízo de R$ 5 milhões) jornalista Fábio Pannunzio, já expõem explicitamente arrependimentos. Quem te viu, quem te vê.

Bolsonaro X Globo

Lula tem razão de brigar com a Globo. Bolsonaro, não. Foi graças à divulgação de fake news que a Globo o elegeu presidente. Foi graças à campanha da Globo contra o PT que elegeu Bolsonaro. Foi graças à campanha anti-PT que a Globo colocou no poder a república de milicianos. Essa é a verdade. A Globo sempre foi e continua sendo condescendente com Bolsonaro. Até nesse imbróglio envolvendo o clã com a morte de Marielle, a Globo tem sido extremamente imparcial. Agora a Folha de S. Paulo, sim, partiu para o ataque. E até quando a Globo vai manter esse cavalheirismo, a coluna não sabe precisar.

                       Expedito Netto x Marcos Rocha

O deputado federal Expedito Netto (PSD-RO) criticou o governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL) por fazer  entrega de tratores e máquinas agrícolas, adquiridas com recursos de emendas parlamentares. Segundo o filho do ex-senador Expedito Júnior, “os recursos foram viabilizados pela bancada federal e pelo governo passado. Então fazer festa com o trabalho dos outros é fácil. Está na hora do governador começar a mostrar o seu Trabalho”, disse Netto. Na lata.

The Flash

Por falar em Marcos Rocha, o governador de Rondônia engavetou o projeto de construção do hospital HEURO da gestão de Confúcio Moura e apresenta um novo modelo. Segundo ele, mais rápido e mais econômico.  De acordo com MR, o novo HEURO será construído sob um modelo conhecido como “Built to suit” (BTS) – “Construído para servir”, em português. Neste modelo o imóvel é construído para atender os interesses do locatário, já predeterminado, viabilizando projetos que atendam as rígidas normas estabelecidas. Neste novo, o número de vagas de 268 sobe para 400 leitos gerais, de 30 vagas na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) para 50 e 8 salas de cirurgias. O sistema será de locação, ou seja, o governo não será proprietário do imóvel mas vai ajudar a construir. Como dentre os deputados estaduais, apenas Lazinho da Fetagro (PT) é oposição, Marcos Rocha não terá problemas para executar o projeto. A coluna reza para que não haja nenhuma pegadinha nesse novo modelo. Porto Velho precisa de um novo hospital.

Urso Panda

Há denúncias de maus tratos, torturas e espancamento no presídio Urso Panda. Durante uma visita no último feriado, presos do Pavilhão J do presídio Urso Panda (Edvan Mariano Rosendo), de Porto Velho, informaram que está ocorrendo maus tratos, abuso de autoridade da parte da direção referido do presídio. Tem até apenado no João Paulo II, vítima desses abusos.

                                          Curso alienígena

A coluna acha que é fake news, mas vai que não é. A Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania, através do Centro de Ensino, sugere a criação do Curso de Combate a Invasores Alienígenas, (CCIA PM 2019), no âmbito da Polícia Militar do Estado de Rondônia. De acordo com a proposta, “considerando que há pouco mais de uma semana o planeta Terra sofreu invasão alienígena, de forma que tais forças devastaram e aniquilaram todo o efetivo das forças armadas. Soma-se a tal catástrofe a tomada de toda a faixa de fronteira do Brasil pelos invasores e avanços por Estado a Estado, de maneira que o Estado vizinho Acre já está tomado. Por fim, considerando a extinção das forças armadas e consequente competência constitucional de força auxiliar reserva do exército que recai sobre a Polícia Militar do Estado de Rondônia, é que se fundamenta a necessidade da
elaboração do presente plano a fim de preparar o efetivo para combater tão
particulares forças excêntricas”. Veja abaixo o plano do curso completo e tirem suas conclusões.

 

Plano_de_Ensino_ALIENIGENAS (1)

 

 

(*) Roberto Kuppê é jornalista e articulista político no eixo Rio-Brasília e Rondônia

Facebook Comments