Cirurgias eletivas são retomadas em RO e acontecem a partir desta quinta-feira no Hospital de Campanha

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), retorna com as  cirurgias eletivas que serão realizadas no Hospital de Campanha de Rondônia (HCamp), região Central de Porto Velho. A Unidade passa a atuar como retaguarda para o Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro (HBAP), que vem realizando altas demandas de cirurgias eletivas.

A expectativa é realizar 50 procedimentos e 30 consultas diárias. A unidade já possui 150 pacientes prontos para realizar as cirurgias, que vão iniciar nesta quinta-feira (11).

No HCamp serão realizados os procedimentos cirúrgicos, tais como: colecistectomia, hérnias inguinal, epigástrica, umbilical, incisional, histerectomia (remoção de útero), colpoperineoplastia, miomectomia (remoção de mioma), polipectomia (remoção de  pólipos do intestino), pequenos procedimentos diários e retirada de tumores e lipomas.

O secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, destaca a importância da realização das cirurgias eletivas. “Na pandemia a prioridade era salvar vidas de quem estava com o coronavírus. Mas, agora vamos tirar o atraso desses procedimentos que precisam ser feitos. Nosso objetivo é atender todos que aguardam tanto tempo na fila”, finaliza.

HOSPITAL DE CAMPANHA

O HCamp foi adquirido pelo Governo de Rondônia logo no início dos primeiros casos confirmados da covid-19 no Estado. A unidade hospitalar foi reformada para se tornar o Hospital de Campanha de Rondônia, contendo uma estrutura diferenciada, com quase 3.500 metros quadrados (m²),  42 leitos de enfermaria e 53 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), tanque reserva de oxigênio com 21. 588 metros cúbicos (m³), usina de oxigênio e estacionamento de quase mil m².

Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments