Chico Pernambuco ao lado do atual prefeito, Luiz Ikenohuchi
Chico Pernambuco ao lado do atual prefeito, Luiz Ikenohuchi

CANDEIAS DO JAMARI- O prefeito de Candeias do Jamari (PSB) só foi morto porque não quis se associar a uma quadrilha formada por familiares do então vice-prefeito Luiz ikenohichi (DEM-Democratas).  Luiz Ikenohichi investiu R$ 230 mil reais na campanha e queria retorno rápido. Tentou ganhar licitações mas Chico barrou. Luiz tentou emplacar a tia dele na secretaria de Educação, mas Chico Pernambuco não nomeou. Eles já vinham brigando desde a posse.Chico foi ameaçado pelo então vice uma semana antes do ocorrido.

O sobrinho do atual prefeito, Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema  foi quem contratou dois pistoleiros para fazer o serviço. Katsumi não disse de quem se tratava a vítima, dizendo apenas que seria um empresário. Somente no outro dia o assassino descobriu que tinha matado o prefeito da cidade. A esposa do assassino se desesperou e entregou tudo. A polícia está esperando fechar as investigações para expedir o mandado de prisão do prefeito Luiz Ikenohichi. Katsumi está foragido, mas os demais envolvidos no crime, Marcos Ventura Brito, Willian Costa Ferreira, Henrique Ribeiro de Oliveira e Diego Nagata Conceição foram presos durante a Operação Brutus, comandada pela delegada Keity Mota Soares.

O site Mais RO soube através de fontes no dia 14 de abril das suspeitas que caíam sobre o vice-prefeito Luiz Ikenohichi, mas preferiu aguardar o desfecho que se deu no dia de hoje, 8 de maio. Veja aqui a matéria original EXCLUSIVO: ATUAL PREFEITO DE CANDEIAS DO JAMARI É O MANDANTE DO ASSASSINATO DE CHICO PERNAMBUCO

Fonte: Mais RO

 

 

Facebook Comments