César Cassol implora ajuda a Rolim de Moura

César Cassol implora ajuda a Rolim de Moura
César Cassol implora ajuda a Rolim de Moura

“Não tenho vergonha de pedir ajuda, se estou precisando vou pedir realmente… Por favor, Govenador Confúcio Moura, senador Raupp, deputada Marinha Raupp e deputado Luiz Claudio da Agricultura, Secretário Maiorquin, ajudem Rolim de Moura”, desabafou o prefeito César Cassol.

Com essas palavras em tom de desabafo o prefeito de Rolim de Moura (RO), César Cassol pediu ajuda  ao governo de Rondônia, deputados e senador para ajudar a saúde do município, que se encontra na UTI. Em uma reunião que aconteceu nas dependências do hospital municipal João Amélio da Silva na tarde desta sexta-feira (27/03) com a equipe técnica da saúde municipal, estadual , Ministério Público, vereadores, secretário  adjunto de Saúde Luis Maiorquin, o diretor do Hospital Regional de Cacoal, Marco Aurélio Vasques e  outras autoridades.
Segundo Maiorquin o governo do estado estará assumindo o pronto socorro do município de Cacoal(RO), cidade vizinha a 60 km de Rolim de Moura,  colocando especialistas de pronto atendimento 24 horas por dia para atender a demanda da região evitando assim que pessoas que precisam de tratamento urgente precise se descolar até a capital do estado à 500 km de distancia de Rolim de Moura.
Já na questão do centro cirúrgico do hospital municipal que está interditado pelo Conselho Regional de Medicina de Rondônia – (CREMERO), o Secretário adjunto Maiorquin  atendendo ao pedido da deputada federal Marinha Raupp e do Governador Confúcio Moura estará disponibilizando um carrinho de anestesia que estava faltando para a liberação do centro cirúrgico, a equipe está fazendo o levantamento de todos os matérias que falta para deixar o centro cirúrgico sem nenhuma pendência.
Por determinação do prefeito César Cassol, o centro cirúrgico passará por uma pequena reforma durante o final de semana, para realizar alguns reparos em suas instalações para segunda-feira (30/03), estar pronto para realizar cirurgias.
Após o desabafo do prefeito César Cassol, de vereadores e até mesmo da equipe técnica da saúde de Rolim de Moura, o secretário adjunto Maiorquin garantiu junto ao executivo municipal a criação de uma força tarefa e a disponibilização de dois médicos anestesistas para atender uma fez por semana (12 horas) para realizar as cirurgiãs pendentes em Rolim de Moura, além disso exames de alta complexidades também será realizados pela força tarefa montada pela equipe da saúde municipal e estadual.
“Essa força tarefa será para desafogar a fila de espera pois sabemos que possui muitos pacientes que estão a dois ou mais meses aguardando para fazer um exame ou atém mesmo realizar uma cirurgia” frisou  Maiorquin.

Fonte: Inforondônia.com.br

Facebook Comments