PORTO VELHO- Um casal do Rio de Janeiro, consternado com a tragédia que vitimou Anne Monteiro Luciano e o menor Everton Scilla de Freitas Filho, fez uma grave denúncia contra o tenente coronel Everton Scilla de Freitas. Segundo André Oliveira, que gravou um vídeo junto com a esposa, (veja abaixo), o coronel Everton Scilla de Freitas abandonou a esposa dele e a trocou por outra, deixando-a e o filho de dois anos à míngua, passando pelas piores humilhações como fome e falta de remédios.

 

Anne Caroline estava sozinha em casa com o filho (Foto: Facebook/Reprodução)

Anne Monteiro Luciano cometeu suicídio derivado de disparo de arma de fogo, dentro do casa que residia, na Vila Militar, tendo anteriormente ao fato, no mesmo local, tirado a vida do filho menor do casal, utilizando-se do mesmo meio.

Ao gravar o video, André Oliveira disse que vai servir-se de testemunha de acusação contra o coronel Everton Scilla de Freitas. “Tentamos ajudá-la comprando remédios e comida para seu filho, pois ela estava em Rondônia (Porto Velho), longe de amigos e parentes numa vila militar. Ele batia nela e a deixava passar necessidade”, diz André no vídeo. “Ajude a entregar essa mensagem as autoridades do EXÉRCITO BRASILEIRO, eu quero testemunhar, esse coronel não é inocente”, implorou emocionado.

 

Hoje vou pedir algo diferente, nossa amiga Ane Caroline Monteiro tirou a própria vida e de seu filho de 2 anos após estar sendo ameaçada por seu ex-marido, o CORONEL DO EXÉRCITO EVERTON. Tentamos ajudá-la comprando remédios e comida para seu filho, pois ela estava em Rondônia (Porto Velho), longe de amigos e parentes numa vila militar. Ele batia nela e a deixava passar necessidade.Ajude a entregar essa mensagem as autoridades do EXÉRCITO BRASILEIRO, eu quero testemunhar, esse coronel não é inocente!

Publicado por André do Táxi em Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Fonte: Mais RO

Facebook Comments