CANDIDATURA DE PADRE TON AMEAÇADA: PMDB QUER PALANQUE COM PT EM RONDÔNIA

PT não prioriza candidatura própria em RO: a prioridade é reeleger Dilma
PT não prioriza candidatura própria em RO: a prioridade é reeleger Dilma

A pré-candidatura de Padre Ton (PT) ao governo de Rondônia não é uma prioridade para o Palácio do Planalto. O presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), afirmou nesta segunda-feira (10) que o partido tentará compor chapa com o PT para governador e vice em seis estados nas eleições deste ano. O assunto fez parte de uma reunião que teve mais cedo com a presidente Dilma Rousseff, convocada para por fim a uma crise do partido com o Planalto. PT e PMDB divergem no lançamento de candidaturas próprias no Rio de Janeiro e no Ceará. Segundo Raupp, as conversas com o PT vão agora se concentrar na formação de palanques conjuntos em Goiás, Maranhão, Paraíba, Alagoas, Rondônia e Tocantins.

“O PT só tem candidato fixo em 11 estados. Fora isso, está em aberto. O partido preferencial da aliança do PT é o PMDB”, afirmou Raupp. O presidente do PMDB informou, ainda, que se reúne na próxima quinta-feira com o ministro chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e com o presidente do PT, Rui Falcão, para discutir as candidaturas.

Fonte: Maisro.com  com G1 BRASILIA

Facebook Comments