Na manhã de segunda-feira (27/01/2020), a apresentadora Ana Maria Braga revelou que inicia nova batalha para tratar um câncer. Desta vez, trata-se de um adenocarcinoma de pulmão. É a terceira vez que Ana Maria enfrenta a doença e, ao anunciar a notícia no Mais Você, ela se mostrou esperançosa e confiante. A apresentadora começa o tratamento imediatamente, pois a doença é agressiva.

O adenocarcinoma é um tipo de câncer que se origina nos tecidos glandulares, que são aqueles formados por células com capacidade de secretar substâncias para o organismo. Este tipo de tumor pode se desenvolver em diversos órgãos do corpo, incluindo próstata, estômago, intestino, pulmões, mamas, útero ou no pâncreas, por exemplo.

No caso de Ana Maria é um adenocarcinoma de pulmão. Os tumores deste tipo são os mais comuns entre os cânceres do pulmão, representando cerca de 30% dos casos. São neoplasias agressivas, por isso, é importante que o tratamento seja iniciado o mais breve possível, assim que identificado.

De uma forma geral, os adenocarcinomas são de difícil remoção por cirurgia, com crescimento rápido e de caráter agressivo, pois têm capacidade de gerar metástases, entretanto, há características específicas de acordo com cada tipo e estágio. Em seu relato, Ana Maria informou que não será possível fazer uma cirurgia para retirada do tumor e que o tratamento será por quimioterapia e imunoterapia.

Fonte: Metrópoles

 

 

Facebook Comments