O município de Cacoal (RO) passou a vender o gás mais caro de Rondônia neste mês de março, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP). No mais recente balanço, de 7 de março, o botijão de 13 quilos está com preço médio de R$ 88.

Até o início do ano, Pimenta Bueno tinha o botijão mais caro entre as seis cidades pesquisadas pela agência reguladora. Em média, o gás custava R$ 87,25.

O levantamento deste mês de março indica que Porto Velho contina comercializando o gás mais barato em relação ao preço médio. Atualmente o botijão é vendido a R$ 79,76.

Veja como ficou o ranking dos municípios em março de 2020:

  1. Cacoal: R$ 88
  2. Pimenta Bueno: R$ 87
  3. Vilhena: R$ 85,50
  4. Ariquemes: R$ 84,25
  5. Ji-Paraná: R$ 82
  6. Porto Velho: R$ 79,76

Os valores são uma média calculada pela ANP com dados coletados em postos em diversas cidades pelo país. Os preços, portanto, variam de acordo com a região.

Fonte: G1

Facebook Comments