As escolas estaduais 13 de Maio, de Ji-Paraná e, Joaquim Xavier, de Alvorada do Oeste, resgataram todos os estudantes que estavam afastados das atividades educacionais durante a pandemia. Em outros cinco estabelecimentos de ensinos Fundamental e Médio não houve registro de evasão de estudantes no período pandêmico de coronavírus, na região de Ji-Paraná.

Desde março, as aulas presenciais foram suspensas devido à pandemia de Covid-19 e passaram a ser ministradas de maneira remota, pela internet. Este mecanismo aplicado ao ensinamento de crianças e jovens segue nas escolas até que o risco de transmissão viral seja minimizado e/ou erradicado.

A busca ativa dos alunos decorreu da iniciativa da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio do projeto “Vim te buscar para avançar”, em uma campanha deflagrada pela Diretoria Geral de Educação (DGE/Seduc) com o objetivo de regressar os estudantes às atividades pedagógicas. A campanha ocorreu em todas as escolas estaduais de Rondônia.

Outras duas escolas de Ji-Paraná registraram os maiores percentuais de regresso dos alunos: Rio Urupá e Gonçalves Dias. A primeira registrou 97% do retorno dos estudantes. De 187 jovens afastados, 182 retornaram aos estudos conforme a proposta da campanha elaborada pela DGE.

A Gonçalves Dias, considerada uma das maiores e mais requisitadas por estudantes da rede estadual da cidade, foi a segunda mais bem sucedida no retorno dos alunos afastados. O registro mostra 95% de sucesso durante a campanha da Busca Ativa.

Para resgatar os alunos e reintegrá-los às aulas remotas, a Coordenadoria Regional de Educação de Ji-Paraná (CRE de Ji-Paraná), orientou os gestores escolares a entrar em contato diretamente com os alunos e responsáveis, no intuito de que os alunos retomem aos estudos.

“A medida deu certo e os resultados são satisfatórios”, expressa a coordenadora da Seduc em Ji-Paraná, professora Rosângela Marum. Para atingir o objetivo, Marum conta que utilizou várias estratégias, como o chamamento público e personalizado e o envolvimento das comunidades escolares no processo de resgate dos alunos afastados.

A rede educacional de Ji-Paraná abrange também os municípios de Presidente Médici e Alvorada do Oeste. São 53 escolas e 22 mil alunos matriculados na rede estadual na região.

Fonte: Secom

Facebook Comments