Os corpos dos irmãos Alziléia Silva de 35 anos e Adalto Medeiros de 40 anos, que morreram afogados no ultimo domingo, dia 28 de julho, nas águas do rio Machadinho, no município de Machadinho do Oeste (RO), Vale do Jamari, enquanto se divertiam com a família num balneário, foram encontrados pelos bombeiros.

O primeiro corpo encontrado foi o da professora, devido ter boiado. Azileia Silva, era professora e, conforme a família, tinha tirado o dia para diversão.

Em dado momento, ela tentou atravessar o rio Machadinho e começou a se afogar, momento em que seu irmão Adalto tentou resgatá-la. Ambos morreram.

O sofrimento da família só aumentou a angustia, devido à espera pela localização dos corpos. Os mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Ariquemes fizeram trabalho conjunto com colegas da cidade e após várias horas de buscas, localizaram primeiro corpo de professora na tarde de segunda-feira, dia 29 de julho. Era por volta das 16h00, quando o corpo dela foi encontrado.

Adalto de 40 anos, que tentou de forma heroica salvar a irmã, teve o corpo encontrado quando já escurecia. Já passava das 18h, quando os mergulhadores localizaram e resgataram o corpo da vítima.

Após os trabalhos de praxe no local, ambas as vítimas foram encaminhadas para o Instituto Médico Legal (IML) de Jaru (RO), distante em torno de 150 Km do local. A cidade está consternada com a perda.

Fonte: Portal P1

Facebook Comments