“Nunca vou aceitar uma pessoa que um dia ajudou a salvar minha vida sofrer uma injustiça dessas”, disse Andressa

Quando todos achavam que a história de Tati Minerato havia chegado ao fim, eis que surge Andressa Urach. A apresentadora saiu em defesa do médico Felipe Tozaki que, segundo ela, salvou sua vida em 2015, quando retirou o hidrogel que ela havia aplicado nas coxas.

Afirmando que odeia injustiça, Andressa procurou a coluna para denunciar Minerato no caso em que a vencedora do Power Couple Brasil acusa o cirurgião de erro médico. Urach não apenas afirmou que o problema de Minerato é o mesmo que ela sofreu — consequências da retirada de hidrogel do corpo —, como enviou prints de conversas nas quais Tati diz a ela que a substância teve papel decisivo na sua internação após a troca das próteses de silicone.

“Tati Minerato me confessou no WhatsApp que colocou hidrogel, o mesmo produto que quase me matou. Nunca vou aceitar uma pessoa que um dia ajudou a salvar minha vida sofrer uma injustiça dessas. Dr Felipe foi ajudar ela a retirar o hidrogel do corpo e essa reação que deu nela foi a mesma reação que deu em mim. E é a mesma reação que vai dar em qualquer pessoa que tenha esse produto no corpo e tente retira-lo”, explicou Urach.

Leia o que disse Tati no print:

“Então, é o mesmo problema que você teve com hidrogel. Eu coloquei uma única vez em 2014, final do ano, para 2015. Eu já tive problema com ele. Deu infecção, tive que drenar, fiquei internada, foi horrível. Inclusive, foi na mesma época que você, mas não quis divulgar na mídia que era esse o problema. Aí eu quis trocar o meu silicone e aproveitei para retirar uma quantidade de hidrogel que tinha migrado para a virilha. Perguntei para o médico se teria alguma possibilidade de dar problema, expliquei que já tinha tido há anos atrás e ele garantiu que seria tranquilo, que não daria problema, só que deu. Fiquei 11 dias internada, está drenando ainda, estou fazendo as câmeras hiperbáricas para cicatrizar mais rápido. Inclusive, é o mesmo médico que você diz que tratou você, o Felipe Tozaki”.

Procurada, Minerato afirmou que a denúncia “não procede” e voltou a fazer acusações contra o médico. “Esse homem já cometeu vários crimes, me expôs! Eu nem sei o que ele quer? Fui lá como uma paciente normal, ele deixou meu peito de tamanhos diferentes. Fora tudo que eu sofri. Divulgar as fotos foi bastante doloroso pra mim. Agora, já entrei com a ação na Justiça e ele vai ter que provar tudo que fala”, disse à coluna.

Andressa aproveitou para fazer um alerta a todas as mulheres que pensam em usar o produto. “Eu passei por 22 cirurgias para retirar o hidrogel do meu corpo e quase morri em todas elas. Em uma das retiradas do hidrogel, fiquei em coma e cheguei a ter sepse, todo mundo viu que quase morri. Imagina se eu fosse processar todos os médicos que tentaram me ajudar a retirando esse produto?”, questionou.

Fonte: Metropoles

Facebook Comments