Coronel Charlon foi impugnado pela Justiça Eleitoral
Coronel Marcos Rocha (PSL)

PORTO VELHO- Dois coronéis da PM, Charlon (PRTB) e Marcos Rocha (PSL) são candidatos ao governo de Rondônia, representando Jair Bolsonaro. Ambos coronéis, são bastante conhecidos nos bastidores da política rondoniense. Marcos Rocha foi secretário de Educação do ex-prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif (PSB), além de também exercer o cargo de secretário da SEJUS no governo Confúcio Moura (MDB). Charlon que foi fiel escudeiro de Ivo Cassol (PP), durante o governo cassolista, tem como vice outro coronel, Alexandre, que comandou a COE. O mote de campanha dos dois coronéis é militarizar tudo. Diferentemente dos tucanos que é privatizar tudo.

Com dois palanques em Rondônia, Jair Bolsonaro não deu pistas que virá ao Estado. Ele tem priorizado localidades onde tem menos aceitação como nordeste e centro-oeste.

 

Facebook Comments