Toda a parte azul é água
Toda a parte azul é água

Os benianos, habitantes do Departamento do Beni, Bolívia, estão divulgando nas redes sociais que o Brasil, ou seja, as usinas de Santo Antônio e Jirau, são os responsáveis pela maior enchente já ocorrida naquele país. Com 59 mortes e 180 mil cabeças de gados perdidas, eles culpam as represas de Jirau e Santo Antônio de dificultar o livre curso das águas dos rios Beni, Madre de Dios, Mamoré e Madeira, estes últimos em território brasileiro. Segundo eles, as represas impedem as águas de escoarem e se acumulam causando as enchentes.

Mapa mostra a influência das represas nas enchentes
Mapa mostra a influência das represas nas enchentes

A denúncia foi publicada primeiro no Portal de Notícias +RO (www.maisro.com), do Brasil. O portal encontrou o consultor ambiental boliviano, Walter Justiniano Martinez, 54, de Guayaramerin (Bolívia), que tem em mãos um relatório onde consta que o Brasil é o culpado pelas enchentes na Bolívia. Segundo ele, “o governo boliviano sabia dos problemas que seriam provocados pelas barragens das usinas de Jirau e Santo Antônio e não fez nada para impedir a construção”.  Walter é um especialista no assunto. A situação hoje, domingo, do Beni é de devastação total. Uma sequência de fotos aéreas mostra a grandeza da enchente.

Campanha contra o Brasil nas redes sociais
Campanha contra o Brasil nas redes sociais

Nas redes, eles postam fotos pedem para espalhar entre todos os brasileiros. Autoridades brasileiras ainda não se posicionaram, mas os benianos querem uma posição firme do presidente Evo Morales. Milhares de internautas se posicionam, uns a favor e outros contra.

 

 

Facebook Comments