Pedreiros e reeducandos garantem: em dez dias a praça está pronta para ser inaugurada
Pedreiros e reeducandos garantem: em dez dias a praça está pronta para ser inaugurada
Pedreiros e reeducandos garantem: em dez dias a praça está pronta para ser inaugurada

Segunda-feira, 8h40: pedreiros e reeducandos unidos em mutirão assentavam pedriscos nas laterais do terreno, outros construíam os primeiros bancos de concreto e  remanejavam o lamaçal acumulado desde as chuvas de abril.

Começou a tomar forma, na manhã desta segunda-feira (4) a praça da rua

. “Aqui é no braço mesmo, máquina complica”, comentou o encarregado de obras Jeová Silva do Carmo, ao receber a visita de inspeção da superintendente estadual de gestão de suprimentos, logísticas e gastos, Isis Queiroz, e do secretário-executivo da capital, Alex Andrade.

Atualmente, a Sugespe mobiliza quatro frentes de trabalho, administrando diretamente investimentos em revitalização de centros esportivos, escolas e áreas de lazer. Segundo Isis Queiroz, isso resulta na economia anual de R$ 1 milhão às finanças estaduais. No geral, esse modelo proporciona economia de 80% a 90% dos custos de obras contratadas, ela informou.

Jeová prometeu-lhes entregar a praça novinha em folha em dez dias, resgatando o ânimo perdido pelos moradores do bairro que um dia se chamou Pombal e que, por pouco, não se transformou num depósito de lixo. “Isso tudo era um alagado só”, comentou Jeová, pernambucano de Surubim, de onde migrou para Porto Velho há 30 anos.

A praça terá pista de caminhada, um campo de futebol society, de areia, medindo 35 x 19m, academia de ginástica e bancos de concreto. As quatro frentes reúnem 30 pessoas. A superintendente menciona o apoio da vereadora Ana Negreiros no encaminhamento de emenda para infraestrutura – reforma de banheiros e nivelamento da área.

Calejados com sucessivas promessas e desconfiados a cada visita de quem lhes prometeu soluções, sem cumpri-las, moradores se animam para debater o futuro. A primeira dúvida são duas grandes árvores antigas, cujas raízes se estendem rumo aos quintais. Eliminá-las sumariamente, ou  podá-las cuidadosamente, a partir de consulta às secretarias municipal e estadual de meio ambiente (Sedam e Sema).

A superintendente aguarda o momento de os moradores criarem uma associação, a quem a Sugespe irá confiar o zelo pela praça. “Essas frentes de atuação fazem parte de um projeto do governador Confúcio Moura, que sonha repetir o mesmo trabalho em pequenas cidades do interior de Rondônia, transformando e resgatando as praças como pontos de encontro das pessoas”, assinala Isis Queiroz.

Matéria Ações desenvolvidas pela SUGESPE em 04.05.15 110

CEDEL ULISSES GUIMARÃES

Isis Queiroz e Alex Andrade percorreram também outros canteiros de obras. Uma das frentes de trabalho limpou totalmente o terreno do Centro de Esportes e Lazer (Cedel) do bairro Ulisses Guimarães.

“Aqui também entramos com a cara e a coragem”, comenta a superintendente ao descrever a situação do imóvel.

Estima-se que os serviços sejam concluídos dentro de no máximo 20 dias. No momento, o superintendente estadual de, Cultura, Esporte e Lazer, Rodnei Antonio Paes, providencia material elétrico, areia e tinta para concluir a revitalização da área que durante muitos anos fora abandonada e se encontrava até há pouco tempo sub-judice. O chefe da Casa Civil, Emerson Castro, intercedeu para a regularização dos documentos, e o deputado estadual Leo Morais comprometeu-se com emendas parlamentares.

Tomado pelo matagal, o campo de futebol já teve torneio periférico. Depois do terreno capinado, serão agora recuperadas luminárias, atendendo aos jogos de futebol e à caminhada dos frequentadores. O mutirão eliminou vazamentos e a Sugespe estuda a construção de bancos e de pontos de ônibus com recursos próprios e podas ambientais. O desafio será a execução da drenagem no entorno da área, para a qual se espera a contribuição inestimável do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes.


Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Admilson Knigthz
Decom – Governo de Rondônia

 

Facebook Comments