Auxílio gás vai beneficiar cerca de 21 mil famílias em Porto Velho

Após sanção pelo Executivo Federal, o auxílio gás deve chegar a cerca de 21 mil famílias no município de Porto Velho. O benefício é pago para famílias com renda per capita de até R$ 550 e que já possuam o cadastro na base de dados do Cadastro Único (CadÚnico).

A ajuda de custo promete subsidiar até 50% no preço médio da botija até o fim do ano de 2022, com recurso pagos pela Petrobras à União.

O programa tem como objetivo diminuir os efeitos do preço da botija de gás no bolso das famílias de baixa renda, com rendimento per capta de até meio salário-mínimo.

“O governo federal vai usar as informações que já estão na base de dados do CadÚnico, ou seja, quem fizer o cadastro agora não receberá o benefício”, explica o gerente do CadÚnico em Porto Velho, Vitor Nascimento.

Segundo a gerência da Divisão de Programas de Transferência de Renda, da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf), a estimativa é de que o benefício seja pago em até 60 dias.

OUTROS BENEFÍCIOS

Além do programa de auxílio gás, a Semasf oferece outros programas sociais como o ID Jovem, Tarifa Social de Energia Elétrica, Benefício de Prestação Continuada (BPC), programas de benefícios fundiário e agrário, entre outros.

Para fazer o cadastro, o interessado deverá ir até uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) munido de RG, CPF, título de eleitor, carteira de trabalho, certidão de nascimento dos filhos, declaração escolar e comprovante de residência.

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Facebook Comments