sedam.As seguidas cobranças do setor madeireiro de Rondônia, contra a gestão da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) têm gerado críticas de diversos deputados estaduais.

Com o setor emperrado, patinando na burocracia e na inoperância, segundo denúncias, a saída foi convocar uma audiência pública, para o próximo dia 22, às 15 horas.

O anúncio da audiência foi feito após reunião, entre o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PP) e o deputado estadual Laerte Gomes (PEN), com um grupo da Associação dos Engenheiros Florestais de Rondônia (AREF), no Parlamento.

“Hoje, a Sedam não está dando andamento nos processos novos, preferindo revirar ações antigas. Se há alguma coisa ilegal, que se apure, mas não pode parar uma pasta tão importante, prejudicando empresas, trabalhadores e a economia de Rondônia”, desabafou o engenheiro florestal Hamilton Santiago, falando em nome da categoria.

Maurão reconheceu que a pasta tem enfrentado dificuldades e que, inclusive, já alertou ao governador Confúcio Moura (PMDB) da necessidade de mudanças de rumos na Sedam, para que a economia rondoniense não seja afetada.

“Estamos em um momento de crise e a madeira é responsável por uma grande fatia de nossa economia, gerando milhares de empregos. Se deixar a coisa emperrada como está, teremos sérios problemas. Nessa audiência pública, vamos discutir esse e outros temas ligados ao setor”, explicou Maurão.

Laerte Gomes, que vai subscrever a convocação da audiência pública reunindo a direção da Sedam, representantes do setor florestal e outras autoridades e instituições, destacou que a falta de celeridade nas ações legais da Sedam tem atrapalhado Rondônia.

“Há um excesso de zelo e de rigor, sob a justificativa da legalidade. Mas, ao mesmo tempo em que exige dos empreendedores, a Sedam não tem pessoal e nem meios para fazer as ações de vistoria, por exemplo. Isso é inaceitável: exigir o que não tem como ser cumprido, por incapacidade da pasta”, relatou.

 

ALE/RO – DECOM – [Eranildo Costa Luna]

Foto: Marisvaldo José

Facebook Comments