Assembleia Legislativa de Rondônia lamenta morte do jornalista Paulo Benito

A Assembleia Legislativa lamenta a morte do jornalista Paulo Benito, ocorrida na manhã desta terça-feira (29), no pronto socorro João Paulo II, onde fora internado às pressas com hemorragia no estômago, recebeu atendimento mas não resistiu.

Aos 51 anos, Paulo Benito atuou por mais de duas décadas em Rondônia, como assessor, consultor e apresentava um programa de televisão, que também era levado à internet. O jornalista era um defensor do desenvolvimento regional e sempre debatia questões da Amazônia com entusiasmo, embora fosse gaúcho de Arroio Grande.

Rogamos a Deus que conforte a família e os amigos de Paulo Benito e que o Criador o receba na morada eterna.

Alex Redano

Presidente da Assembleia Legislativa

 

Facebook Comments