Após dois meses, corpo de brasileira que morreu no deserto dos EUA é sepultado em Rondônia

Quase dois meses após ser achada morta no deserto nos Estados Unidos (EUA), o corpo da enfermeira Lenilda dos Santos retornou ao Brasil e foi enterrado pelos familiares na segunda-feira (15) em Ouro Preto do Oeste (RO).

A mulher, de 49 anos, morreu após passar mal e ser deixada para trás, sem comida e sem água, quando tentava emigrar para os EUA.

O corpo dela chegou ao Vale do Paraíso (RO) na manhã de segunda-feira (15), onde foi velado. Amigos e familiares prestaram homenagens antes do corpo seguir para Ouro Preto do Oeste (RO), cidade onde foi enterrado.

 

IstoÉ

Facebook Comments