GUAJARÁ-MIRIM (RO)- A candidata a prefeita de Guajará-Mirim, Raíssa Bento (MDB) poderá se eleger, segundo tendência em mais de 25% da apuração das urnas. Ela foi alvo de operação da Polícia Federal por suspeita de compra de votos através de doação de botijas de gás, gasolina e dinheiro em espécie. Raíssa está neste momento com 1.797 votos, ou 25,72%. O segundo colocado está sendo João Soares (Patriotas), com 1.582 votos, 22,64%.

Fonte: Mais RO

 

 

Facebook Comments