Alunos do Conexão Mundo com o presidente da Fiero, conselheiros e dirigentes do Sesi e Senai

Alunos do Conexão Mundo com o presidente da Fiero, conselheiros e dirigentes do Sesi e Senai
Alunos do Conexão Mundo com o presidente da Fiero, conselheiros e dirigentes do Sesi e Senai

Três alunos do programa Conexão Mundo, desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e pelo Serviço Social da Indústria (Sesi) em parceria com a ONG americana US-Brazil Connect para levar o ensino do inglês gratuitamente aos futuros profissionais da indústria, apresentaram, nesta quinta-feira, ao presidente da Federação das Indústrias de Rondônia, Marcelo Thomé, e aos conselheiros do sistema suas experiências com o programa de intercâmbio com os Estados Unidos. Os alunos foram apresentados pela superintendente do Sesi, Gilvani Fares, e pelo diretor-regional do Senai, Sílvio Liberato, que realçaram o êxito do programa, como ficou demonstrado pela própria fala dos alunos.

 

O programa Conexão Mundo é desenvolvido pelo Senai e pelo Sesi em parceria com a ONG US-Brazil Connect, dos Estados Unidos, conta com o apoio do sistema da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e contemplou 109 alunos do ensino médio, também das escolas da rede pública de ensino. Desses 109 alunos, dez foram selecionados para fazer o intercâmbio cultural nos Estados Unidos.

 

Alexandre Banhos, um dos alunos que participaram do intercâmbio conta sua experiência: “para mim foi uma experiência incrível. É um programa bem diferente da educação convencional que a agente recebe e depois vem o ingresso no curso de educação profissional. A partir daí a gente percebe o quanto estamos nos envolvendo com uma nova educação, mais aprofundada e focada ao mercado de trabalho. Já o programa Conexão Mundo só vem somar com a nossa aprendizagem. Para mim é um dos melhores momentos da minha vida”, afirma Banhos.

 

Para a aluna Fernanda Therezinha de Medeiros, o EBEP (Educação Básica com Educação Profissionalizante) consegue fazer com que cada vez mais a escola Sesi e Senai ajuda-nos a ter uma vida profissional e ser bem colocados no mercado de trabalho. Além disso, passamos a ter acesso a disciplinas que não tínhamos na escola pública, como literatura, que nos prepara melhor para o Enem e para o vestibular e também nos capacita para o mercado de trabalho. Aqui tivemos a oportunidade de aprender muitas disciplinas que não estão presentes nas escolas públicas.

Com boa fluência e desenvoltura no idioma inglês, o aluno Gabriel Barros, que faz o curso de técnico em edificações no Senai, reputa como da maior relevância as matérias oferecidas pelo Sesi-Senai, “proporcionando-nos expandir nossos conhecimentos. O programa Conexão Mundo apresenta várias atividades, como o Auto Cad, que oferece o curso de inglês e ajuda a melhorar o comando sobre as ferramentas. Isso só ajudou a ampliar ainda mais nossos conhecimentos. Sou muito grato ao Sesi e ao Senai por essa oportunidade”, agradeceu.

 

Os dez alunos contemplados com o Conexão Mundo passaram 15 dias nos Estados Unidos, num programa de imersão na língua inglesa e na cultura americana. Para o ano de 2015 estão previstas 96 vagas, sendo 48 vagas para Porto Velho e 48 para Cacoal.

 

Para Márcia Brilhante, coordenadora do Conexão Mundo pelo Sesi Rondônia, o intercâmbio é mais uma forma de contribuir para a fluência dos jovens na língua estrangeira. “Além de uma oportunidade para que eles possam vivenciar uma nova cultura. Lá, eles visitam, por exemplo, faculdades e empresas para entender como funciona o mercado profissional no exterior”, explica. Brilhante acrescenta que os estudantes ficam hospedados em casas de família, sob a supervisão da equipe técnica do Conexão Mundo Rondônia.

 

Os jovens tiveram aulas à distância, via redes sociais, com monitores norte-americanos; e também encontros presenciais, durante um mês, com os educadores.

 

 

Facebook Comments