Os 27 participantes da 7ª edição do Projeto Jovem Senador tomaram posse nesta terça-feira (28) no Plenário do Senado. Os alunos cursam o ensino médio de escolas públicas, e cada um representa uma unidade da federação.

Rondônia se faz representar por Maique Suile Carmo dos Santos, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio “Carlos Drummond de Andrade, que teve aprovada a redação: Educação: melhor caminho para o combate à intolerância. A orientadora foi a professora Lucimara Lopes França.

Santos foi selecionados por meio de um concurso de redação, os estudantes vivenciarão durante uma semana o trabalho dos parlamentares em Brasília. Além da posse, foi feita a eleição, por votação secreta, do presidente da Mesa, do vice e dos dois secretários.

O secretário de Estado da Educação de Rondônia (Seduc), Waldo Alves, parabenizou Maique Suile pela posse e disse que o aluno será uma referência para os estudantes de Rondônia, no próximo ano, quando acontecerá a 8ª edição do Projeto Jovem Senador.

Na avaliação do secretário, a educação começa a ganhar contornos competitivos em nível nacional e está em consonância com as determinações do governador Confúcio Moura de apoio, incentivar e investir para que haja a melhoria na qualidade do ensino em Rondônia.

Antes da posse e da eleição, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, afirmou que o programa é motivo de orgulho, visto que há quase uma década proporciona a milhares de estudantes a oportunidade de pensar, refletir e colocar no papel temas de importância para o Brasil e para o mundo.

— Ver vocês nesta manhã com interesse pela política rejuvenesce minha esperança e fé de que a boa política, a política com “P” maiúsculo tem futuro e não vai acabar, como muitos querem e apregoam — afirmou.

O presidente também elogiou o tema do concurso de redação deste ano, que permitiu a seleção dos participantes: “Brasil Plural, para falar de intolerância”:

Ao longo da semana, Maique Suile irá participar das atividades previstas para os jovens senadores, incluindo a discussão e votação de sugestões legislativas. Desde 2011, os participantes do projeto já apresentaram 45 sugestões de lei encaminhadas à análise da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), das quais 37 transformaram-se em projetos de lei com tramitação nas duas casas do Congresso Nacional.

O projeto Jovem Senador é voltado para a educação política dos jovens e conta com a parceria do Ministério da Educação e do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).


Fonte
Texto: Antônio Queiroz
Fotos: Divulgação
Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments