Euro Tourinho entre os deputados Ribamar Araújo e Léo Moraes

Proposta e presidida pelo deputado Ribamar Araújo (PR), aconteceu na tarde desta segunda-feira (10) a Sessão Solene para homenagear os 100 anos de atividades do jornal Alto Madeira, em Rondônia.

Ribamar Araújo disse considerar a homenagem ao veículo de comunicação um dever, por se tratar de uma instituição que faz parte da história de Rondônia.

“O jornal Alto Madeira ajudou no processo de transformação do município e do Estado, influenciando no processo de desenvolvimento econômico e social e reafirmando sempre o compromisso assumido desde a sua primeira edição, que é de dar voz ao povo”, destacou o deputado.

O parlamentar iniciou a solenidade concedendo a palavra ao jornalista Anísio Gorayeb, que por sua vez, parabenizou o colega Ciro Pinheiro pelos 50 anos de dedicação ao Alto Madeira. Gorayeb destacou parte da história do jornal ao mencionar sua fundação em 15 de abril de 1917, por Joaquim Augusto Tanajura e exaltou a direção do presidente Euro Tourinho.

O conselheiro federal, representante da OAB, Fabrício Jurado destacou que a Ordem sempre defendeu a liberdade de imprensa e contrária a qualquer tipo de censura. Parabenizou a família Tourinho pelo que chamou de justa homenagem e colocou a OAB a disposição de todos.

A juíza do Tribunal de Justiça de Rondônia, Euma Mendonça Tourinho homenageou o avô Euro Tourinho ao citar que “o maior título que ela tem e se orgulha é o de ser sua neta”.

O deputado Léo Moraes (PTB), parabenizou o deputado Ribamar Araújo pela iniciativa de homenagear o Alto Madeira em um momento onde muito se discute a mídia digital e o excesso de informação, muitas vezes sem distinguir o certo do errado.

Léo enalteceu a trajetória de Euro Tourinho e família, pela vanguarda, coragem e ousadia em unir pessoas capacitadas para marcar a história da comunicação em Rondônia, ter construído gerações e ter deixado frutos que rendem muitas homenagens.

A imagem pode conter: 19 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Gladstone Frota, vice-presidente da Fecomércio ressaltou que a Federação é fruto do legado de Euro Tourinho e que tem em sua história, a honra de ter tido o presidente do Alto Madeira como presidente e mentor.

Membro da Academia Rondoniense de Letras, Abimael Machado, parabenizou o proponente da solenidade o jornal Alto Madeira é disse que o impresso “é a história de Rondônia que surgiu da decisão corajosa de brilhantes homens públicos”.

Após contar um pouco da história do jornal, Machado encerrou declarando que “o jornal Alto Madeira continua cumprindo com o compromisso assumido por Tanajura e mantido grandiosamente por Euro Tourinho”.

Após os discursos dos familiares, os deputados Ribamar Araújo e Léo Moraes entregaram a placa de honra a Euro Tourinho que, em seguida, agradeceu a cada pronunciamento de homenagem e disse se sentir extremamente emocionado pelo reconhecimento.

A imagem pode conter: 7 pessoas, área interna

“O Alto Madeira completa um século de postura, ética e honradez territorial, que luta pelo crescimento e desenvolvimento da nossa terra. O Alto Madeira foi uma semente plantada pelo Tanajura, alimentada por Assis Chateaubriand e, com minha participação, cresceu, floresceu, deu frutos e se transformou em uma árvore que passou dos limites da nossa propriedade, não mais nos pertence. Pertence à história de Rondônia e de toda sua população”, declarou o presidente Euro Tourinho.

Ribamar Araújo passou a presidência da solenidade ao deputado Léo Moraes para encerrar a sessão, onde ressaltou se sentir lisonjeado em poder prestar homenagem aos 100 anos do jornal Alto Madeira e receber grande parte da família Tourinho na Assembleia Legislativa.

“Para mim é uma honra e espero que essa homenagem ajude a alegrar o coração do doutor Euro, pois sabemos que anda triste, desde a partida da sua companheira que viveu ao seu lado por mais de 70 anos. Que Deus lhe dê muita saúde, pois nossa sociedade precisa de homens como o senhor. O Alto Madeira foi e continuará sendo muito importante para nosso Estado. Muito obrigado ao senhor e toda sua família”, concluiu Ribamar.

A solenidade foi encerrada com uma oração feita pelo bispo da Diocese de Porto Velho, Roque Paloschi.

 

ALE/RO – DECOM – Juliana Martins
Foto: José Hilde

Facebook Comments