ÁGUAS DO MADEIRA COBREM 800 METROS DA BR-364 ENTRE RO E AC

Parte da BR-364, único acesso terrestre para o estado do Acre, já está alagado (Foto: Defesa Civil/Divulgação)
Parte da BR-364, único acesso terrestre para o estado do Acre, já está alagado (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

A BR- 364 sentido Porto Velho/Rio Branco tem dois pontos críticos de alagamentos. O primeiro no km 158, com 600 metros de extensão. O segundo fica a 160 km de Porto Velho e atinge 200 metros da BR. De acordo com o inspetor João Bosco Ribeiro, da Polícia Polícia Rodoviária Federal de Rondônia (PRF-RO), a lâmina d’água é de 50 centímetros e, apesar da dificuldade de passagem de veículos, ainda têm condições de trafegabilidade. No entanto, ele alerta que se o Rio Madeira subir mais 5 cm, carros de passeio ficarão impossibilitados de passar. A BR-364 é o único acesso terrestre entre o Acre e Rondônia.

Nesta segunda-feira (19), o nível do Rio Madeira atingiu pela manhã 17,81 metros, um aumento de 4 centímetros em 24h. A marca é considerada histórica já que ultrapassa a maior já registrada em 1997 de 17,52 metros.

 

O inpetor da Polícia Rodoviária Federal no Acre (PRF-AC), Nelis Newton, disse ao G1 que ainda não há motivos para pânico. “Não há motivos, por enquanto, para gerar pânico na população do Acre. Nós estamos fazendo o acompanhamento, a balsa está passando e os carros de passeio também. Ainda não tivemos nenhuma informação de fechamento da BR-364. Nós estamos em contato direto com a Polícia Rodoviária Federal de Rondônia que passa todas as informações para a gente”, informa.

A Polícia Rodoviária Federal de Rondônia confirma a intenção de uma empresa, sediada em Jacy-Paraná (RO), de prestar auxílio remunerado na passagem, por meio de pranchas. Dessa forma, os carros poderiam transpor essas áreas alagadas. “Trata-se de uma empresa credenciada para o transporte de veículos acidentados. Portanto, não podemos intervir”, diz.

Ele não soube informar a respeito dos valores que poderiam ser cobrados no pedágio. As informações foram colhidas por agentes da PRF, às 9h30 desta quarta-feira (19). A balsa sobre o Rio Abunã continua dando condições de travessia.

Fonte G1 Acre

Facebook Comments