AGRONEGÓCIOS EM ALTA: RONDÔNIA RURAL SHOW SERÁ VITRINE PARA AGROINDÚSTRIAS

rondonia-rural-agroindustrias-003-370x245

A 3ª edição da Rondônia Rural Show, que acontece de 21 a 24 de maio, em Ji-Paraná, terá como uma de suas atrações a exposição de produtos feitos por agroindústrias familiares.

O Governo do Estado, através da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri), Emater, Agência de Defesa Sanitária (Idaron) e outras instituições atenderá os produtores que queiram empreender no ramo das agroindústrias, além de poder acompanhar de perto a exposição daquelas que já atuam no mercado em Rondônia.

mel

Um pavilhão inteiro estará disponível para a exposição das agroindústrias durante a feira. “Momento único para chamar a atenção de quem busca investir em um negócio, mas ainda não se decidiu em qual ramo atuar. Pensando nisso, equipes do setor estarão no local tirando as dúvidas dos futuros microempreendedores”, informa o gerente de Agroindústrias da Seagri, Antonio Henrique Fernandes.

Durante o evento, técnicos da Seagri estarão presentes para tirar dúvidas pertinentes à instalação, regularização e todo o processo de investimento por meio de microcréditos oferecidos pelo Banco do Povo.

Fomento

queijos-mel-370x277Desde que começou a fomentar a expansão das agroindústrias em Rondônia, a Seagri já colocou em funcionamento aproximadamente 300 microempresas, tocadas por famílias empreendedoras de Rondônia. “O negócio é interessante e está superando as expectativas”, disse o gerente de Agroindústrias da Seagri.

O grande salto das agroindústrias em Rondônia é justamente a diversificação do comércio desenvolvido pelos empreendedores, que não leva apenas em conta um tipo de segmento. “Se as agroindústrias crescem é porque existe procura pela população em relação aos produtos fabricados”.

Mesmo com a grande quantidade de agroindústrias, a fabricação atende apenas o mercado interno. Mas o governo estuda a ampliação do segmento. “De fato existe demanda, mas hoje o que é produzido segue somente para atender o mercado local”, destaca.

O fomento das agroindústrias surgiu com a criação da Lei complementar 24/12 de fevereiro 2011, aprovada pela Assembleia Legislativa, que prevê a criação e regularização dos microempreendimentos no Estado. Após isso, foi regularizada a primeira delas com SIE (Serviço de Inspeção Estadual) para produtos de origem animal, através da agência Idaron.

A industrialização exige qualidade, como a Frut Polpa, que recebeu do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), das mãos do governador Confúcio Moura, no ano passado, o selo do Serviço de Inspeção Federal, também conhecido pela sigla S.I.F.

Os Selos de Inspeção são um sistema de controle que avaliam a qualidade na produção de alimentos. Os produtos de origem animal podem receber o Selo de Inspeção Municipal (SIM), Estadual (SIE) ou Federal (SIF). Já os de origem vegetal devem ser certificados com o SIF.

Fonte
Texto: Emerson Barbosa
Fotos: Decom

Facebook Comments