A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Os candidatos à prefeitura de Porto Velho Breno Mendes (Avante), Lindomar Garçon (Republicanos) e Williames Pimentel (MDB) ocupam a quarta posição, empatados na pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Ibope em 28 de outubro de 2020. Eles têm postado em suas redes sociais, e a Lupa analisou algumas dessas postagens. A checagem faz parte do projeto Democracia Digital, no qual jornalistas de todas as capitais do Brasil verificam discursos dos quatro candidatos melhores colocados nas pesquisas de intenção de voto em 2020.

Cristiane Lopes (PP), Vinicius Miguel (Cidadania) e Hildon Chaves (PSDB) — terceira, segundo e primeiro em intenções de voto na mesma pesquisa — também tiveram falas analisadas, e o resultado dessas verificações será publicado nos dias 9, 11 e 13 de novembro, respectivamente.

Confira o grau de veracidade do que disseram os candidatos:

Breno Mendes (Avante)

“Em todas as capitais tem [Procon]. Aqui em Porto Velho não tem”
Breno Mendes (Avante), candidato a prefeito de Porto Velho, no Debate da SIC TV em 3 de novembro de 2020

 

FALSO

 

De acordo com o Procon Rondônia , órgão do executivo estadual de defesa do consumidor, a atuação está mantida em Porto Velho, Ji-Paraná, Ariquemes, Rolim de Moura, Vilhena, Pimenta Bueno, Espigão do Oeste e Guajará Mirim e Ouro Preto do Oeste por meio de acordo de cooperação entre estado e município. O órgão é vinculado à Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura do Estado de Rondônia (Sedi), ao Fundo Estadual de Defesa do Consumidor (Fundec) e Conselho Estadual de Defesa do Consumidor (Condecon).

Procurada, a assessoria do candidato informou que não existe Procon municipal, mas admitiu que existe o estadual. Acrescentou que no Brasil muitos deles são autarquias mas, em Porto Velho, é somente o estadual dentro da Sedi.


“95,24% de Porto Velho não tem esgoto”
Breno Mendes (Avante), candidato a prefeito de Porto Velho, em sua página no Facebook em 8 de outubro de 2020

 

VERDADEIRO

 

De acordo com os dados do Instituto Trata Brasil de 2020, Porto Velho atende apenas 4,76% da cidade com o esgoto tratado. Ou seja, 95,24% da população não é atendida com esgoto tratado.


Lindomar Garçon (Republicanos)

“Hoje nós temos apenas 78 equipes de saúde da família que cobrem 52% de Porto Velho”
Lindomar Garçon (Republicanos), candidato a prefeito de Porto Velho, em debate da SIC TV em 3 de novembro de 2020

 

VERDADEIRO

 

De acordo com o site Informação e Gestão da Atenção Básica, a cidade de Porto Velho tem 82 equipes de Atenção Básica à Saúde, equivalentes às equipes da estratégia saúde da família, que cobrem cerca de 53,42% da população portovelhense.


“Além desse 1 milhão (…) destinei mais meio milhão de reais para aquisição de um raio-x móvel”
Lindomar Garçon (Republicanos), candidato a prefeito de Porto Velho, em sua página no Facebook em 31 de outubro de 2020

 

EXAGERADO

 

De acordo com Portal da Transparência da Controladoria Geral da União, o Ministério da Saúde repassou R$ 1,09 milhão de convênio firmado com a Fundação Pio XII, responsável pelo Hospital de Amor da Amazônia, em Porto Velho. Lindomar Garçon, que na época era deputado federal, foi o responsável pela indicação da emenda. Na proposta da emenda, consta a aquisição de um equipamento permanente de raio-x no valor de R$ 280 mil. A verba de R$ 500 mil para a compra de equipamentos de raio-x já estava contida no R$ 1 milhão inicial, cuja emenda 26 de dezembro de 2016, quando Lindomar era deputado federal. O repasse da emenda de R$ 500 mil foi em 2018, de acordo com a prestação de contas do Hospital de Amor da Amazônia.

Procurado, o candidato não respondeu.


Williames Pimentel (MDB)

“Porto Velho está entre as três cidades com o menor índice de saneamento básico do Brasil”
Williames Pimentel (MDB), candidato a prefeito de Porto Velho, em sua página no Facebook em 18 de outubro de 2020

 

VERDADEIRO

 

De acordo com dados do Instituto Trata Brasil de 2020, a cidade de Porto Velho ocupa a antepenúltima posição no ranking do saneamento básico. O ranking traz cem cidades do Brasil, e Porto Velho está à frente apenas das cidades de Macapá (AP) e Ananindeua (PA).


“95% do moradores de Porto Velho dependem e usam o Sistema Único de Saúde (SUS)”
Williames Pimentel (MDB), candidato a prefeito de Porto Velho, em sua página no Facebook em 29 de outubro de 2020

 

EXAGERADO

 

Na cidade de Porto Velho, 81,3% da população utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS),  o que representa 457.865 pessoas. Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), cerca de 18,7% ou  81.486 pessoas têm plano de saúde em Porto Velho. A população de Porto Velho é estimada em 539.354 pessoas, de acordo com o IBGE.

Procurado, o candidato não respondeu.

Nota da redação: O projeto Democracia Digital é uma iniciativa da Lupa, do Instituto de Tecnologia & Equidade (IT&E) e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, com apoio do WhatsApp e dos Tribunais Regionais Eleitorais de todo o Brasil. As checagens produzidas são distribuídas gratuitamente a rádios universitárias do país, com apoio do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP).

Editado por: Marcela Duarte

Da Folha de S. Paulo

Facebook Comments