Cenas que só vemos em filmes podem se tornar reais
Cenas que só vemos em filmes podem se tornar reais
Cenas que só vemos em filmes podem se tornar reais

Se já não bastassem as obras para a Copa do Mundo estarem atrasadas, agora informações dão conta de que vão cancelar o Tsunami em Rondônia. Uma irresponsabilidade sem tamanho. A CNN está a caminho para cobrir o evento. Os hotéis receberam milhares de reservas. Agora lemos no Blog do Cha que o evento não vai ocorrer mais. Quem vai pagar o prejuízo? O Consórcio? A Superintendência de Turismo? O governador? Dilma?

Segundo Carlos Henrique Ângelo foi um blefe da ESBR: “a possibilidade de instabilidade na barragem foi levantada por diversas vezes nos últimos dois anos pelo Consórcio Energia Sustentável do Brasil. Isso foi deixado claro em documento protocolado junto à Aneel”. “Embora as usinas afirmem agora que não há risco (do Tsunami), a possibilidade de instabilidade na barragem foi levantada por diversas vezes nos últimos dois anos pelo Consórcio Energia Sustentável do Brasil. Isso foi deixado claro em documento protocolado junto à Aneel, à Agência Nacional de Águas (ANA), ao Ibama, à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) afirmando que a hidrelétrica de Santo Antônio estaria desrespeitando o limite permitido pelo projeto e que esse acúmulo de água no reservatório estaria comprometendo as estruturas de Jirau”.

Então, não haverá Tsunami: “Sobre a informação divulgada pelo blogueiro Carlos Henrique Ângelo, de que existe a possibilidade do rompimento das barragens que contêm as águas do Rio Madeira, o que provocaria um verdadeiro tsunami, arrastando a Usina de Santo Antônio e tudo o que tivesse na frente, chegando à Capital e arrasando 30% da cidade, ocasionando a morte de pelo menos 50 mil pessoas, a equipe técnica nos garantiu que a possibilidade do rompimento de uma dessas barragens é quase zero”. Tem que combinar com São Pedro e com os Andes, porque as chuvas não pararam na Bolívia e região.

Fonte: +RO

 

 

Facebook Comments