O grupo francês Vinci Airports conquistou o direito de assumir o controle de sete aeroportos do Bloco Norte, que inclui o Aeroporto de Porto Velho – Governador Jorge Teixeira, por um período de 30 anos, em leilão de concessões, na manhã desta quarta-feira (7), que o Ministério da Infraestrutura batizou de InfraWeek.

Além do aeroporto Gov. Jorge Teixeira, fazem parte do Bloco os aeroportos de Manaus, Tabatinga, Tefé (AM), Rio Branco, Cruzeiro do Sul (AC) e Boa Vista (RR). A concessão dos aeroportos tem compromisso de investimento de R$1,4 bilhão, de acordo com o Ministério da Infraestrutura .

A Vinci Airports venceu o leilão dos 7 aeroportos do Bloco Norte com um lance de R$ 420 milhões, um ágio de 777% em relação ao lance mínimo. A empresa francesa é especializada em operação aeroportuária.

No Brasil, assumiu a gestão do Aeroporto de Salvador. No total, são 45 aeroportos administrados em 12 países. Alguns dos grandes aeroportos administrados pela rede são: Aeroporto de Lisboa, em Portugal, Aeroporto de Santiago, no Chile, e Aeroporto de Londres-Gatwick, no Reino Unido. No Brasil, a VINCI Airports gere o Aeroporto de Salvador desde 2018.

Próximos passos

No dia 14 de abril haverá a entrega dos documentos de habilitação dos vencedores. Já a assinatura dos contratos de concessão deverá ocorrer após a homologação do resultado e dos prazos de recurso, provavelmente até julho.

Os 22 aeroportos englobam cerca de 11% do total do tráfego do país, com mais de 24 milhões de passageiros por ano, de acordo com dados de 2019.

O leilão de aeroportos realizado nesta quarta-feira (7) atraiu interessados para todos os 3 blocos (Norte, Sul e Central) e garantiu ao governo federal uma arrecadação inicial de R$ 3,302 bilhões.

Fonte: Mais RO

 

 

 

 

Facebook Comments