ADVOGADO ACRIANO E FILHA GRÁVIDA MORREM EM ACIDENTE NA BR-364

ACRE1Três pessoas morreram e duas ficaram feridas em um acidente no quilômetro 825 da BR-364, próximo a Nova Mutum, distrito de Porto Velho, na manhã deste sábado (13). Entre as vítimas estava uma mulher grávida, que morreu a caminho do hospital; o bebê também faleceu. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro capotou e caiu em uma ribanceira às margens da pista. As causas do acidente ainda não foram definidas.

A vítima era o advogado acriano Ubirair Dutra, que viajava para Porto Velho com a  esposa Terezinha Amaral e a filha Jennifer que estava grávida.
ACRE2O advogado, a filha e o bebê morreram na hora. Terezinha Amaral está em estado Grave e em coma. “Ubirair foi advogado, pai de família, portador de uma vida exemplar, sem qualquer fato que desabonasse a sua conduta, um homem que prezava essencialmente pelos bons costumes e moral”, dizem amigos na redes sociais.  O advogado frequentava ativamente a Maçonaria e a Rosa Cruz, sendo leitor assíduo de livros espíritas e um apaixonado pela Doutrina Espírita. Por causa da semelhança, era bastante conhecido no Acre como “Cid Moreira”.

De acordo com a PRF, por volta das 6h (horário local), o veículo seguia no sentido Acre Rondônia, quando derrapou e saiu da pista. O motorista disse aos agentes que perdeu o controle da direção devido a ondulações na via. A Polícia Rodoviária Federal alega que verificou a rodovia, mas nada foi encontrado. Uma equipe da perícia da Polícia Civil, que vai investigar o caso, esteve no local.

Conforme informações do diretor executivo do Hospital João Paulo II, Carlos Eduardo Araújo, para onde as vítimas foram encaminhadas, a mulher grávida sofreu parada cardiorrespiratória quando era levada para a unidade hospitalar e não sobreviveu. A gravidade dos ferimentos da mãe impediu que a criança fosse salva. Uma quarta vítima teve ferimentos leves e outra está internada em estado grave.

Fonte: Mais Ro com informações de G1/RO

Fotos:  Facebook

Facebook Comments