Braian Romero fez gol na Recopa e não poderá enfrentar o Palmeiras — Foto: Staff Images/Conmebol

O Defensa y Justicia-ARG receberá o Palmeiras nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), na Argentina, pela Copa Libertadores, com 15 jogadores fora após testarem positivo para a Covid-19. Além disso, sete membros da comissão técnica também contraíram o novo coronavírus.

Entre os atletas, os principais nomes fora são de Meza, Enzo Fernández, Pizzini e o centroavante Braian Romero. Frías, Isnaldo, Rotondi, Paredes, Merentiel, Escalante, González, Amadé, Martínez, Juan Tomicich e Cannavo são os outros atletas fora.

Nicolás Diez, auxiliar do técnico Sebástian Beccacece, também está em isolamento, assim como o preparador físico Martin Bressan, o cinesiologista Sergio Serrizuela, o preparador de goleiros Carlos San Martin, o massagista Miguel Ros, o coordenador Fabio Abraham e o ajudante da rouparia Martín Acevedo.

Caso não tenha novos casos até o confronto, Beccacece deve escalar a seguinte equipe: Unsain; Matías Rodríguez, Breitenbruch, Juan Rodríguez, Britez e Gallardo; Tripichio e Loaiza; Rius, Bou e Hachen.

O confronto na Argentina colocará em campo os líderes do Grupo A da Copa Libertadores. O Palmeiras tem seis pontos em duas partidas, enquanto o Defensa soma quatro em dois jogos. O Independiente Del Valle-EQU, com um ponto, e o Universitario-PER, ainda zerado, completam a chave.

Fonte: GE

Facebook Comments