Acusado de matar motoboy em frente de casa noturna foge do Urso Branco

O apenado Lauro Christian de Almeida Souza, 18 anos, fugiu da Centro de Detenção Provisório Urso Branco, nesta quarta-feira (1). Ele é apontado pela Delegacia de Homicídios de Porto Velho como autor da facada que tirou a vida do motoboy Júlio Marlon Carneiro Bonfin, 19 anos, na madrugada do dia 14 de agosto deste ano, em frente a uma casa noturna, localizada no Bairro Eletronorte, na Zona Sul da capital.

De acordo com informações apuradas, o criminoso teria se passado por outro apenado que recebeu um alvará de soltura e fugiu da penitenciara.

O criminoso estava preso desde o dia 22 de novembro, quando foi capturado pela Polícia Militar, durante uma abordagem no Orgulho do Madeira, zona leste da capital.

Para não ser identificado, Lauro deu um nome falso para os policiais, mas após uma consulta minuciosa a verdadeira identidade dele foi descoberta e confirmado que havia um mandado de prisão contra ele pelo crime de homicídio.

O crime

No dia do assassinato, a vítima estava em sua motocicleta na frente da casa noturna e teria acelerado a moto, fazendo um barulho alto. Lauro estava perto e ficou irritado.
Não conformado, o acusado foi tirar satisfação com a vítima, iniciou uma discussão, e armado com uma faca, Lauro esfaqueou o motoboy. O assassino fugiu do local.

A vítima chegou a ser socorrida até o hospital João Paulo II, recebeu atendimento médico, mas não resistiu e morreu.
Após o crime, policiais da Delegacia de Homicídios iniciaram as investigações e identificaram Lauro como o autor do assassinato.

Para prender o acusado, foi deflagrada a Operação Corta Giro, mas ele não foi localizado e passou a ser considerado foragido da justiça.

Fonte: Rondoniagora