O foragido Carlos Bruno A., 40 anos, foi localizado e preso, pela Polícia Civil do Estado do Mato Grosso em conjunto com a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Porto Velho, acusado de estuprar a própria enteada de 12 anos. O crime aconteceu em 2013.

A menina resolveu contar tudo para sua mãe e os dois foram até a delegacia denunciar o criminoso. Os abusos eram praticados quando a mãe da criança saia para trabalhar.

Aos policias, a vítima contou o primeiro abuso aconteceu quando ela estava dentro do banheiro de sua casa. Na ocasião, o homem teria empurrado a porta, segurou a menina e passou a mão nas partes íntimas dela. A criança relatou que o crime foi praticado por várias vezes pelo padrasto.

Na delegacia, a menina contou que para não ficar sozinha em casa com o padrasto, ela sempre ia para a casa da vizinha, mas ele não aceitava e a chamava de volta.

Durante as investigações, os policiais da DPCA de Porto Velho descobriram que Carlos tinha fugido para a cidade de Cuiabá, no Mato Grosso. Os investigadores, coordenados pelas delegadas Márcia Gazoni e Adrian Vieira, fizeram contato com a Polícia daquele estado.

Rapidamente, os policiais de Cuiabá, coordenados pela delegada Silvia Pauluzi, conseguiram localizar e prender o criminoso.

Preso, ele foi encaminhado para a delegacia, onde ficou à disposição da justiça aguardado a transferência para Rondônia, onde pagará a pena em regime fechado.

Fonte: Rondoniagora

Facebook Comments