O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) cobrou do governo federal o atendimento de algumas reivindicações para fortalecer a defesa agropecuária em Rondônia e, com isso, permitir que a produção de carne bovina no estado aumente e seja cada vez mais exportada.

Para o senador, o governo deve manter e ampliar a força-tarefa que trabalha na defesa agropecuária no estado; contratar médicos veterinários e técnicos de defesa agropecuária já aprovados em concurso público; retomar os convênios entre a União e o estado de Rondônia para que os funcionários estaduais possam atuar na área; e apresentar proposta que permita parcerias público-privadas na defesa agropecuária.

Hoje, acrescentou ele, apenas 12 profissionais lotados em Rondônia e outros seis emprestados de outros estados fiscalizam, inspecionam e auditam a produção — número insuficiente, na avaliação do senador.

— São necessários pelo menos 35 profissionais para que o estado possa manter ou ampliar sua produção e exportação com segurança e qualidade de excelência como tem hoje — disse.

Acir Gurgacz observou que Rondônia é o quinto maior produtor de carne bovina do país e exporta 300 mil toneladas por ano.

Agência Senado 

Facebook Comments