Acidente Vascular Cerebral – Sintomas, causas, tratamentos e riscos entre pacientes mais jovens

0
142


O neurocirurgião do Hospital Albert Sabin, Dr. Felippe Saad, alerta e explica a causa de pessoas mais jovens, entre 35 e 40 anos, sofrerem um AVC.

O Acidente Vascular Cerebral (AVC), mais conhecida como derrame, é uma doença cerebral aguda causada, basicamente, pelo entupimento (isquêmico) ou extravasamento (hemorrágico) de uma ou mais artérias, impedindo que o sangue transporte oxigênio e nutrientes ao encéfalo.

“Os indivíduos que correm mais riscos são os hipertensos sem controle, os diabéticos sem tratamento, as pessoas com problemas de colesterol e gordura no sangue, os fumantes e os obesos. Importante salientar que, ultimamente, devido a hábitos como o alcoolismo e o uso de drogas ilícitas e de medicações que alteram a coagulação, como termogênicos e estimulantes, há uma incidência maior da doença em pessoas de 35 a 45 anos”, explica o Dr. Felippe Saad, coordenador da neurologia e neurocirurgia do Hospital Albert Sabin (HAS). “Pacientes com essas características, alteram a saúde dos vasos sanguíneos levando ao entupimento ou ruptura”, complementa.

Segundo o Ministério da Saúde, o AVC é uma das maiores causas de morte e incapacidade adquirida em todo o mundo. Estatísticas brasileiras indicam que é o motivo mais frequente de óbito na população adulta (10%) e consiste no diagnóstico de 10% das internações hospitalares. O Brasil apresenta a quarta taxa de mortalidade por AVC entre os países da América Latina e Caribe.

“As pessoas que correm mais riscos são os hipertensos sem controle, os diabéticos sem tratamento, as pessoas com problemas de colesterol e gordura no sangue, os fumantes e os obesos”, explica o Dr. Felippe Saad, coordenador da neurologia e neurocirurgia do Hospital Albert Sabin (HAS). “Pacientes com essas doenças, alteram a saúde dos vasos sanguíneos levando ao entupimento ou ruptura”, complementa.

Os principais sinais indicativos da ocorrência de um AVC são fortes dores de cabeça, paralisia dos braços ou das pernas, desvio da boca, Dificuldades de fala, sonolência excessiva, desorientação e falta de visão de um dos lados.

“Apresentando alguns desses sintomas em casa, trabalho ou qualquer outro lugar fora do hospital, deve-se acionar imediatamente o serviço de remoção com a finalidade de levar o paciente ao pronto atendimento o mais rápido possível. Nessas situações, cada minuto conta para o salvamento e posterior diminuição das sequelas”, adverte o Dr. Saad.

O tratamento varia com o tipo AVC sofrido. No isquêmico com suporte de cuidados intensivos e medicações para tentar desobstruir o vaso cerebral. Já o hemorrágico pode requerer cirurgia para drenagem do coágulo de dentro do cérebro.

“Cuidar da saúde controlando a pressão arterial, diabetes, peso, se exercitando e consultando frequentemente o seu médico são medidas que podem evitar o aparecimento dessa e de outras doenças”, finaliza o Dr. Felippe.

 

Hospital se torna referência na zona oeste

Com 40 anos de experiência, Hospital Albert Sabin passa por revitalização completa e se posiciona como principal polo de saúde da Lapa e região.

 

Oferecer atendimento humanizado e de qualidade, sempre com cuidado, respeito e atenção são alguns dos valores que orientam o Hospital Albert Sabin. Atuando desde a década de 1970, o HAS conquistou a confiança de pacientes, médicos e moradores da zona oeste da capital paulista. Situado na Lapa, em 2014 iniciou um processo de revitalização e ampliação, dobrando seu número de leitos e modernizando todo seu centro médico. Seus apartamentos dispõem de confortáveis instalações, completo serviço de hotelaria e gastronomia personalizada.

Outro destaque do hospital é sua UTI. Totalmente reformada e com o que há de mais avançado em termos de equipamentos e tecnologia, coloca o HAS em posição de vanguarda e no círculo dos melhores e mais conhecidos hospitais da região. Em 252 m² de área total – 461m² quando concluída a 2ª fase da reforma – os novos leitos contam com toda a estrutura para a supervisão e apoio ao paciente, “Devido ao alto padrão tecnológico de monitoração central, o corpo clínico e enfermagem conseguem acompanhar em tempo real, sem precisar estar à beira do leito, todas as informações pertinentes à saúde do paciente, favorecendo o tempo de resposta em casos de intercorrências” afirma Renan Silva, gerente de operações do hospital.

Com o lema “Sua Vida Tem o Nosso Cuidado”, o Hospital Albert Sabin vai muito além de medicina de excelência e tecnologia de ponta. Busca também a humanização hospitalar, que consiste em práticas de empenho máximo para melhorar a experiência do paciente, de modo que seu ponto de vista seja considerado ao longo de toda a sua jornada no hospital. Tais práticas estendem-se também ao ambiente físico e aos familiares dos enfermos.

Entre os serviços de diagnose e terapia, o hospital –  novamente com o que há de mais moderno em equipamentos e com extrema qualidade profissional – oferece Exames Laboratoriais, Anatomia Patológica, Broncoscopia, Colonoscopia, Doppler Transcraniano, Ecocardiograma, Ecodoppler, Eletrocardiograma, Endoscopia Digestiva Alta, Hemodinâmica, Prova de Função Pulmonar, Quimioterapia, Radiologia em Geral, Ressonância Magnética/Angiorressonância, Tomografia Computadorizada/Angiotomografia e Ultrassonografia.

Também conhecido pelo seu notável setor de cardiologia, se tornando, inclusive, também uma referência, o HAS se diferencia pelo seu atendimento cardiológico, contando com pronto atendimento da especialidade, com a UCO (Unidade Coronariana) e realizando procedimentos de cateterismo, angioplastia e demais cirurgias.

Concluindo sua estrutura, o Hospital Albert Sabin ainda dispõe de amplo Pronto Atendimento clínico e ortopédico, Internações eletivas e de urgência, e cirurgias nas mais diversas especialidades. Tudo com a busca incessante da satisfação total de todos os usuários, sejam pacientes, médicos ou visitantes. “Percebemos que ao atingir um alto nível de satisfação no atendimento, conseguimos melhorar a experiência do usuário e diminuir os níveis de ansiedade e tensão em nossos pacientes”, complementa Silva.

 

Serviço

Endereço

Rua Brigadeiro Gavião Peixoto, 123 – Lapa – São Paulo – SP

Central de atendimento

(11) 3838 4655

Site

http://www.hasabin.com.br

Convênios atendidos

ACM SÃO PAULO – ALLIANZ SAÚDE – AMEPLAN – APCEF – AXA ASSISTANCE – BRADESCO SAÚDE – BRASIL ASSISTÊNCIA – CAASP – CABESP – CAU/SP – CARE PLUS – CENTRAL NACIONAL UNIMED – CET – CRECI/SP – CRUZ AZUL SAÚDE – FUNDAÇÃO CESP – GAMA SAÚDE – GEAP SAÚDE – GRUPO NOTRE DAME INTERMÉDICA – GOLDEN CROSS – LIFE EMPRESARIAL SAÚDE – MEDISERVICE – OAB – PLASAC – PORTOMED – PORTO SEGURO – SANTAMÁLIA SAÚDE – SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE – SBC SAÚDE – SEPACO – SIND. DAS BORRACHAS – SISTEMA TOTAL DE SAÚDE – SOMPO SAÚDE – SULAMÉRICA – UNIMED FESP – UNIMED SEGUROS

Facebook Comments