Em reunião na Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, na manhã desta terça-feira (25), o Governo de Rondônia apresentou as ações para o aumento do número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para o enfrentamento à Covid-19 na Macrorregião-II.

O secretário adjunto de Estado da Saúde (Sesau), Nélio de Souza, destacou que, com o levantamento conduzido pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Rondônia (Cosems-RO), que apontou os municípios com condições de contribuir com o Estado no quantitativo de leitos de UTI, “tivemos uma reunião com o Ministério Público e os representantes desses municípios: Ariquemes, Jaru, Ji-Paraná e Vilhena, no qual fechamos um acordo dentro das possibilidades de cada município, para a ampliação de novos leitos de UTI e a passagem dos mesmos para a regulação do Estado”, explica o secretário adjunto.

Além disso, o secretário adjunto explica que com os novos leitos sobre a regulação do Estado será possível aumentar o número de leitos de UTI na Macro II e na Macro I. “Pois com a regulação estadual é possível manejar os pacientes para as localidades que têm a disponibilidade de leitos, desafogando uma região que esteja próximo dos 100% de ocupação”, disse Nélio de Souza.

Segundo a presidente do Cosems-RO, a secretária de saúde de São Francisco do Guaporé, Vera Lúcia Quadros, a equipe da Sesau “resolveu muito rápido a questão apresentada pelo conselho. Tivemos uma reunião na sexta-feira (21) em Ji-Paraná e hoje, terça-feira (25) já assinamos a resolução de intenção dos leitos de UTI para ajudar a Macro II, que engloba 33 municípios”, parabenizou Vera.

A presidente também defendeu a parceria do Conselho juntamente com Governo do Estado e com a Assembleia Legislativa, com foco nos desafios enfrentados pelos municípios. “O Cosems-RO defende os municípios, pois temos municípios a mais de mil quilômetros da capital, então fizemos esse trabalho para apoiar o Estado e os municípios e juntos faremos o melhor para todos”, destaca a presidente do Cosems-RO.

O representante do Ministério da Saúde em Rondônia, Igor Mendonça, destacou que o Governo Federal está fazendo a sua parte, distribuindo os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os Estados e parabenizou Rondônia pelo sistema de distribuição. “Em reunião com a Sesau, foi pactuado que todos EPIs que fossem do Ministério da Saúde seriam repassados ao Cosems-RO. E nós temos feito esse trabalho junto ao Conselho. Gostaria de parabenizar o Estado, pois temos alguns estados no Brasil que não estão repassando os Epis aos municípios. Essa união Cosems, Ministério da Saúde, Governo do Estado e a Assembleia Legislativa é muito importante”, ressaltou Igor Mendonça.

A Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa foi presidida pelo deputado Neidson e contou com a participação dos deputados estaduais Chiquinho da Emater, Adelino Follador e Eyder Brasil.

Fonte: Secom

Facebook Comments