Acadêmicos da Faculdade de Educação e Meio Ambiente (FAEMA), em Ariquemes (RO), participaram de um mutirão de corte de cabelo, no último dia 5, que marcou a primeira coleta das doações de cabelo e acessórios para a Campanha Rapunzel Solidária. A ação, promovida na própria faculdade e coordenada pelos servidores do Fórum Trabalhista, 1ª e 2ª Varas do Trabalho de Ariquemes, visa a doação de cabelos, perucas e apliques, além de acessórios como echarpes, toucas e lenços para atender pacientes em tratamento contra o câncer no estado de Rondônia.
Acadêmico participa do mutirão para doação de cabelosA Campanha faz parte do Programa de Responsabilidade Socioambiental do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, “Justiça do Trabalho Solidária”, que pretende arrecadar até o dia 25 de novembro os donativos para serem entregues à Associação de Voluntários de Combate ao Câncer de Porto Velho/RO (AVCC), a qual ficará responsável pela distribuição e em providencias para a confecção de perucas.
Com o apoio de toda a equipe de profissionais do Salão Eduardo Ferreira Studio Hair e a colaboração da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Ariquemes (OAB), cerca de 37 estudantes aceitaram o desafio de cortar os próprios cabelos e, assim, contribuir para o embelezamento e aumento da autoestima das pacientes que eles nem conhecem. Também foram recebidas doações de mechas já cortadas, além de bonés lenços e agasalhos.
“Notamos grande receptividade dos alunos, tanto que a equipe de cabeleireiros não conseguiu atender todas as pessoas que pretendiam doar os fios”, revelou a diretora de Secretaria da 1ª Vara do Trabalho de Ariquemes, Bianca Padilha, ao afirmar que uma nova data será marcada para uma segunda etapa de coleta dos cabelos na FAEMA.
De acordo com a servidora da 1ª Vara do Trabalho de Ariquemes, Raquel Azevedo Oliveira Souza, a necessidade de ajudar as pessoas com câncer motivou a iniciativa. “Com a criação do Hospital de Câncer de Barretos em Porto Velho, surgiu a ideia de ajudar de alguma forma. Conversamos muito sobre o fato de como é devastador para a mulheres a perda dos cabelos, além da perda da saúde e da força física”, ressaltou.
“Conhecemos muitas pessoas que superaram ou que estão lidando com o câncer e sabemos que qualquer ajuda pode elevar a auto-estima deles, além de que no interior poucos conhecem a necessidade de ajudar a AVCC, que vem realizando um importante trabalho de apoio aos pacientes”, explicou Raquel.
No encerramento da campanha, no dia 25 de novembro, os servidores farão o corte do cabelo nas dependências do Fórum Trabalhista, e após todas as doações serão entregues aos representantes da Associação.
Orientações
Antes de tudo – “É importante avisar o cabeleireiro que deseja doar os fios, da necessidade de cortar o cabelo já com um elástico, limpo e seco”, explica Danyla Boróbia, da ONG Cabelegria.
Informações sobre os cabelos a serem doados – A mecha deve ter no mínimo de 10 a 20 centímetros, dependendo de cada instituição, o cabelo doado pode ter química ou ser tingido.
Na hora de cortar – Amarre o cabelo com um elástico bem preso para garantir que os fios não se soltem e corte um dedo acima do elástico. É importante que o cabelo esteja completamente seco, já que pode mofar se estiver molhado ou úmido.
Para enviar – As instituições receptoras recomendam colocar a mecha em um plástico fechado antes de colocar no envelope, para evitar que caia algum fio durante o envio.
Local de coleta – Fórum Trabalhista de Ariquemes, na Avenida Juscelino Kubistchek, n. 2351, Setor Institucional, Ariquemes-RO. Fone (69) 3516-2305, no horário comercial terá cabeleireira no Fórum para cortar cabelos de doadoras.
Ascom/TRT14
Facebook Comments