Abusada pelo padrasto na adolescência, mulher diz que ele agora pode ter estuprado sua filha

A denúncia foi feita por uma mulher de 34 anos, contra o padrasto, de 50 anos. Ela disse que suspeita do homem porque foi abusada quando era adolescente. A criança tem apenas três anos e o caso teria acontecido no Bairro Socialista, Zona Leste de Porto Velho.

De acordo com a ocorrência, a mãe relatou ter chegado recentemente de viagem e que a filha teria ficado por dois meses com a avó.

Quando foi dar banho na filha, reparou que o órgão genital da criança estava com vermelhidão, o que a fez suspeitar que o padrasto tenha praticado o crime sexual, já que a mulher também teria sido abusada por ele há 20 anos atrás, mas não realizou a denúncia na época.

De imediato a mulher acionou os policiais, que realizaram buscas na região, mas o suspeito não foi encontrado.

A Delegacia Especializada em Porto a Criança e Adolescente registrou a ocorrência e irá seguir nas investigações.

Fonte: Rondoniagora

Facebook Comments