ABERTURA DE ESTRADA EM PARQUE ESTADUAL DE GUAJARÁ PODERÁ SER AUTORIZADA: O POVO FESTEJOU

 

DIMENSAOO resultado das ações do governador Confúcio Moura, junto ao governo federal, para viabilizar o acesso aos municípios de Guajará Mirim e Nova Mamoré através da Estrada Parque foi comemorado na noite de quarta-feira (12) por moradores do distrito de Nova Dimensão, um dos pontos de que serão beneficiados com a construção da via. Os manifestantes que estavam interrompendo o tráfego na estrada promoveram um buzinaço, suspenderam o protesto e aguardam até hoje uma resposta da Justiça Federal autorizando a obra.

Uma comitiva, da qual fazia parte o presidente da Câmara Municipal de Nova Mamoré, vereador Lindomar Carlos Cândido, chegou a Nova Dimensão por volta das 23h de quarta-feira e reuniu os moradores para explicar como foi a audiência do governador Confúcio Moura, a bancada federal e técnicos do governo estadual com a presidente Dilma Rousseff.

 

Foi dito aos moradores e manifestantes que a presidente Dilma concorda que a Estrada Parque é a única via possível, neste momento, para tirar Guajará-Mirim e Nova Mamoré do isolamento. Também foi explicado que a presidente prometeu
acionar a Advocacia Geral da União para atuar administrativamente nos tribunais ou judicialmente na instância superior para que o governo de Rondônia possa ter a permissão para abrir a estrada.

A população comemorou a notícia porque o distrito passará ter visibilidade e ganhará uma grande oportunidade para se desenvolver ainda mais.

Por sua vez, o movimento que manteve a estrada interditada manifestou confiança nas ações para preservar o Parque Estadual, na forma prevista em legislação vigente.

No mesmo momento, dezenas de caminhões carregados com suprimentos para Nova Mamoré e Guajará Mirim foram liberados e puderam seguir viagem.

A Estrada Parque passa por Nova Dimensão e é, neste momento, a única alternativa para tirar os municípios de Nova Mamoré e Guajará Mirim do isolamento por via terrestre. Em razão da enchente recorde do rio Madeira, a BR 425 ficou interrompida nas pontes de Ribeirão Araras, que ficaram alagadas. Pela estrada passam diariamente caminhões, que transportam 30 toneladas de suprimentos cada um. A região produz em média 135 mil litros de leite.

 

Texto: Nonato Cruz
Fotos: Ésio Mendes

Facebook Comments