Durante a noite da última quinta-feira (25) centenas de pessoas se aglomeraram nas ruas de Porto Velho para comemorar o título do Flamengo.

O apelo desesperado do secretário estadual de Saúde em Rondônia, Fernando Máximo, para que as pessoas não aglomerem na rua por conta da falta de leitos hospitalares e médicos para atender os infectados do COVID-19 não surtiu efeito na capital do
Estado.

Bares ficaram lotados e carreatas foram realizadas. Em um dos registros de aglomeração, na em frente a um posto de gasolina na avenida Calama é possível observar que a grande maioria das pessoas não utilizavam máscaras.

A ausência do policiamento e fiscalização para impedir as aglomerações propiciaram os atos no mínimo irresponsáveis de parte da torcida flamenguista.

Nas últimas 24 horas morreram 10 pessoas infectadas por COVID-19 apenas na cidade de Porto Velho.

Facebook Comments