11º Bienal da UNE em Salvador começa nessa quarta-feira com a presença de Gilberto Gil

Programação reunirá apresentações de Baiana System, Márcia , OQuadro, Ilê Aiyê, Filhos de Gandhi e a presença de políticos em debates

Salvador abrigará a 11ª Bienal da UNE, oferecendo uma programação intensa que envolve shows, espetáculos, atividades culturais, além de oficinas, conferências e a Culturata. A abertura se dá na próxima quarta-feira, dia 06 de fevereiro, às 19h no Palco Principal do Teatro Castro Alves, com a conferência “Gil, um reencontro com o Brasil”, recebendo o cantor e compositor Gilberto Gil, que ao lado da escritora Ana de Oliveira lança o livro “Disposições Amoráveis” e com intervenções musicais de Tiganá Santana.

Num período onde novos patrulhamentos ideológicos e políticos emergem, a  11º Bienal da UNE – Festival dos Estudantes também será um convite ao reencontro do Brasil da festa em meio à resistência. A UNE vai celebrar seus 20 anos de enaltecimento da cultura popular na cidade que realizou sua 1ª Bienal de Arte e Cultura em 1999, bem como onde a entidade foi refundada há 40 anos depois de desmantelada pela ditadura militar. O evento se propõe a refletir sobre democracia e seu papel para sociedade brasileira, bem como faz uma defesa da universidade brasileira e da cultura.

Para pensar democracia e a conjuntura política brasileira, a Bienal da UNE receberá em suas conferências nomes como Manuela D’Avila, o deputado Federal Marcelo Freixo, o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto-MTST Guilherme Boulos, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes, o Senador Jacques Wagner e o pensador português Boaventura de Souza dos Santos, o ator Antonio Pitanga e nomes da classe política como Ciro Gomes, Jacques Wagner, o governador do Maranhão Flávio Dino, os ex-ministros da Cultura Juca Ferreira entre outras personalidades.

Atrações Musicais

 no Wet n’ Wild, desfilarão nomes como Djonga, as cantoras Márcia Castro e Márcia Short, com o projeto Xarás, no dia 7, OQuadro e Baiana System, na sexta-feira, dia 8, Francisco, El Hombre, Cortejo Afro em homenagem a Gilberto Gil e ÀTTOOXXÁ, no sábado, dia 9, sempre a partir das 23h. Toda programação é gratuita e aberta ao público.

Além dos shows, acontecerá a caminhada Culturata, que se concentra no Farol da Barra até o Cristo, reunindo atrações como Filhos de Gandhy, Banda Didá, Ilê Aiyê, a partir das 16h. A Bienal da UNE se configura como um verdadeiro festival de cultura, dando visibilidade à produção artística desenvolvida pelos jovens estudantes de todo país em diálogo com nomes reconhecidos. Considerado o maior encontro estudantil da América, o evento estima alcançar um público de 10 mil pessoas, entre baianos e jovens vindos dos mais diferentes locais do Brasil.

Pela primeira vez as três entidades estudantis nacionais – União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) se somam em um grande evento, dando origem ao Festival dos Estudantes, ampliando ainda mais o já considerado maior encontro estudantil da América São esperados mais de 10 mil estudantes vindos de todas as regiões do país, que vão se integrar ao povo baiano e fazer da Universidade Federal da Bahia a referência da produção artística desenvolvida pela juventude brasileira.

Mostras – A Bienal da UNE também envolve uma série de mostras de linguagens artísticas, como Teatro, Dança, Música, Audiovisual, Literatura e Slam com uma programação extensa no Campus Ondina da Universidade Federal da Bahia, exibindo a produção de estudantes secundaristas e universitários de todo país. Na Mostra Convidada, os destaques vão para espetáculos baianos como Medeia Negra, do Grupo Vilavox, às 19h e Looping: Bahia Overdub, dos artistas Rita Aquino, Felipe Assis e Leonardo França, às 20h, ambos no dia 07 de fevereiro, na Escola de Dança da UFBA. Outro destaque é a homenagem ao ator Antônio Pitanga, que participará da sessão de exibição do documentário Pitanga, sobre sua trajetória, no dia 08 de janeiro, sexta-feira, às 18h15, no Auditório da Faculdade de Comunicação em Ondina

Entre os destaques das conferências, a Bienal da UNE receberá o pensador Boaventura de Souza dos Santos para debater o tema Os desafios para uma educação crítica e emancipadora no século XXI, no dia 07 de fevereiro, às 16h30h às 19h em diálogo com o Reitor da UFBA, João Carlos Salles. Na oportunidade, os intelectuais discutirão a crise de intermediação e de representação política em todo o planeta, ameaçada pelo avanço do extremismo político, do nacionalismo e da intolerância, traz consequências diretas para o modelo de educação que estará vigente pelo próximo período, no Palco Refazenda da tenda da Praça das Artes da Universidade Federal da Bahia-UFBA – Campus Ondina.

SERVIÇO

O quê? 11ª Bienal da UNE – Festival dos Estudantes.

Quando? 6 a 10 de fevereiro de 2019.

Quanto? Entrada franca.

Onde? Universidade Federal da Bahia (UFBA), Campus Ondina.

Programação completa: http://www.une.org.br

Abertura da Bienal da UNE

Abertura da 11° Bienal da UNE aula de espetáculo do livro “Disposições Amoráveis” de Gilberto Gil e Ana de Oliveira

Entrada Franca (serão priorizados os inscritos na Bienal e haverá distribuição de pulseiras 1h antes na bilheteria do Teatro Castro Alves)

Palco Principal do Teatro Castro Alves

Facebook Comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password