TRABALHO VOLUNTÁRIO – Estudantes se dizem ansiosos em compartilhar conhecimento durante o Projeto Teixeirão

0
235
Rondonistas vão atuar diretamente com comunidade e servidores públicos na troca de experiência


Alunos de várias faculdades rondonienses começaram hoje (22) as atividades educativas pelo Projeto Teixeirão em comunidades do entorno do município de Jaru. A proposta é a troca de experiência entre o aprendizado na universidade com a vivência dos moradores das localidades urbanas e rurais de Theobroma e Governador Jorge Teixeira. O Projeto Teixeirão é uma iniciativa do governo de Rondônia em parceria com o Ministério da Defesa, responsável pelo projeto Rondon desde 2005

“A nossa expectativa é de ansiedade. Queremos saber como seremos recebidos pela comunidade. Temos muito a oferecer, mas também temos muito a aprender”, disse a acadêmica de serviço social Elizabeth Lucas de Amorim, que integra a equipe de 14 estudantes universitários de uma das universidades particulares de Porto Velho ao desembarcar, no sábado (20), em Theobroma.

Conhecidos como Rondonistas, os acadêmicos envolvidos no Projeto Teixeirão tem missão de colocar em prática o aprendizado na faculdade proporcionando melhorias na vida dos cidadãos. Um dos critérios para o ingresso do estudante ao projeto é que ele já esteja pela metade do curso universitário. O Projeto Rondon é uma iniciativa do governo federal em parceria com o governo estadual e prefeituras.

Além do serviço social, para Theobroma o projeto enviou estudantes de agronomia, psicologia e biologia. Rodrigo de Albuquerque dos Santos Gonsalves estuda agronomia e participa de programa social pela primeira vez.

Rodrigo pretende atuar em cinco frentes na área de formação, que são: cultura do café, hortaliça, processamento de alimentos, degradação do solo e compostagem. “Vale a pena trocar as férias da faculdade por uma ação tão importante que só vai agregar na minha formação. Trago na bagagem muito conhecimento teórico, que poderei repassar aos produtores rurais visando o melhoramento produtivo”, explica Rodrigo Gonsalves.

Para o prefeito de Theobroma, Cláudio Santos, a inserção do município no Projeto Teixeirão é importante porque raramente as cidades fora do eixo da rodovia BR-364 são lembradas em ações desta natureza. “Acolhemos o projeto e esperamos servir como exemplo nessa missão”, disse o prefeito. “É a primeira vez que venho a uma cidade rica em florestas”, disse a acadêmica de biologia Milena Silva.

Theobroma tem 12 mil habitantes, é uma região de assentamento da agricultura familiar e tem a produção do leite como a principal atividade econômica. Culturas como cacau e café estão sendo revitalizadas com incentivo do governo estadual. “O plantio de inhame começa a ganhar investidores e a safra de 2017 foi toda comercializada para consumidores do Nordeste”, informa Nirley Santos, a agente de desenvolvimento do Projeto Rondon no município.

Governador Jorge Teixeira

No domingo, a coordenadora do Projeto Teixeirão em Governador Jorge Teixeira, Zilanda Martins de Almeida, de Cacoal, acomodou os 14 acadêmicos na creche Filomena de Freitas e traçou as atividades, por curso, para as ações que se iniciam nesta segunda-feira (22), após solenidade oficial da prefeitura que inaugura o Memorial Jorge Teixeira.

 

Os Rondonistas organizaram as ações no domingo para começar as atividades na segunda-feira, em Governador Jorge Teixeira

“Fizemos um mapeamento do município com antecedência e identificamos situações de necessitam de atenção urgente”, disse Zilanda, na companhia dos acadêmicos dos cursos de odontologia, veterinária, biologia e fisioterapia.

Na área da odontologia, por exemplo, Zilanda informa que os rondonistas vão atuar diretamente nas escolas com palestras educativas, especialmente de saúde oral infantil. “As crianças perdem dentição muito cedo por uma simples falta de higienização”, pondera a coordenadora, que pretende transformar os professores em multiplicadores da ação nas salas de aulas.

O acadêmico de medicina veterinária Bruno Couto declarou entusiasmado que vai desempenhar as funções diretamente nas propriedades rurais. “Eu quero conhecer de perto os problemas do homem do campo e apresentar a ele soluções viáveis dentro da realidade econômica dele”, disse o rondonista, que vai se juntar aos técnicos da Emater no desempenho da função.

A Emater, assim como outras secretarias estaduais (Educação, Saúde, Assistência Social, por exemplo), é um dos órgãos parceiros no Projeto Teixeirão.

Veja fotos do evento

Leia mais:

 Operação Teixeirão tem início com cerca de 160 estudantes e professores em 9 municípios de Rondônia


Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments