Técnicos do interior são treinados para implantação do Empresa Fácil em Rondônia

0
98
Técnicos do interior são treinados para implantação do Empresa Fácil em Rondônia
Técnicos do interior são treinados para implantação do Empresa Fácil em Rondônia
Técnicos do interior são treinados para implantação do Empresa Fácil em RondôniaDestaque

Confirmando a adoção de uma série de providências para implantação do sistema Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), a Junta Comercial de Rondônia (Jucer) realizou, de 4 a 11 deste mês, em pelo menos oito municípios do estado, treinamento dirigido sobre aplicação dos procedimentos para adesão ao novo sistema que dinamiza e facilita o processo de abertura, legalização e encerramento de atividades empresariais.

Segundo o técnico Leílson Costa de Souza, gerente do Departamento de Registro e Comércio da Jucer, os servidores da Junta, especialmente os contadores, nos municípios de Vilhena, Cacoal, Rolim de Moura, Ji-Paraná, Jaru, Buritis e Ariquemes passaram por treinamento em suas respectivas bases, sobre a nova ferramenta denominada “Empresa Fácil”, que é parte do projeto do Redesim, tirando dúvidas sobre sua operacionalidade para ampliação do poder de expansão do setor empresarial.

O Redesim é um programa federal que visa desburocratizar os procedimentos para abertura de empresas e demais atos, concentrando na junta comercial de cada estado todas as providências necessárias para este fim. Por força de lei, integram o programa órgãos como Receita Federal, Receita Estadual, órgãos de licenciamento ambiental e de segurança, como as secretarias de meio ambiente estaduais e municipais, vigilância sanitária e corpo de bombeiros. “Redesim é uma plataforma que simplifica todos os procedimentos, de forma que o mesmo processo concentre na Jucer todos os atos necessários ao seu andamento”, disse o gerente da Jucer.

A divulgação e o emprego dessa nova ferramenta são orientações diretas do governador Confúcio Moura, para quem a consciência estatal tem que ter o empresariado em elevado grau de respeito e consideração, dando a ele as melhores condições para crescer, e este é o objetivo da implantação da plataforma do Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), com a descentralização de suas atividades nos 52 municípios do Estado.

O Redesim é um sistema integrado que permite a abertura, fechamento, alteração e legalização de empresas em todas as juntas comerciais do Brasil, simplificando procedimentos e reduzindo a burocracia ao mínimo necessário, até como estratégia para tirar profissionais empreendedores importantes da informalidade.

Além dessas facilidades, com a utilização desse sistema os usuários também poderão obter informações e orientações pela internet ou de forma presencial, a exemplo do acesso a dados de registro ou inscrição, alteração e baixa de empresários e pessoas jurídicas e, ainda, certidões online, o que facilita bastante a vida do usuário que, esperava até cinco dias por alguma providência que hoje é possível imediatamente ou, no máximo, em duas horas.

Leílson Costa explicou que todo o Estado de Rondônia já dispõe de uma estrutura da Jucer com esta nova ferramenta institucional para realização dos serviços de seu fim, com o apoio da Jucer em Porto Velho. A partir do próximo dia 4, os municípios de Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura, Vilhena, Guajará-Mirim e Nova Mamoré estarão plenamente integrados ao sistema, podendo ali mesmo adotar todas as medidas previstas na plataforma do sistema nacional para simplificação do registro e da legalização de empresas e negócios.

Facebook Comments