SP: 500 estudantes secundaristas do Brasil se reúnem nesta sexta e sábado para discutir rumos do movimento

0
114

Encontro da UBES debate reformas de Temer na educação, Passe Livre e polêmico projeto Escola Sem Partido, na Faculdade zumbi dos Palmares

 

 

São Paulo sedia hoje o 16º Conselho Nacional de Entidades Gerais (CONEG) da União Brasileira dos Estudantes (UBES) e reúne representantes do movimento estudantil de todos os estados do País. O encontro tem como objetivo unificar as lutas do movimento e definir os rumos e ações dos secundaristas nos próximos meses, além de convocar o próximo Congresso da UBES.

 

Ao longo dos dois dias serão realizadas mesas para discutir temas fundamentais para a educação hoje como as ocupações das escolas, o Passe Livre, a reforma do Ensino Médio e o controverso projeto Escola Sem Partido, além de conversarem sobre novas narrativas de comunicação, cultura e movimento.

 

Durante o Coneg, também será convocada a Conferência Nacional Popular de Educação (Conape), programada para 2018, com objetivo de fazer um contraponto democrático e qualificado da sociedade civil às políticas de desmanche educacional do governo Michel Temer e do atual Ministério da Educação.

 

Feminismo em pauta: 4º Encontro de Mulheres Estudantes (EME)

 

Na última quinta-feira (7), 300 estudantes de todo Brasil se reuniram para debater o machismo nas escolas, movimentos e formas possíveis de resistência e de luta, por meio de coletivos e organizações culturais. O evento, dedicado às meninas, contou também com um espaço de reflexão sobre o tema dedicado aos meninos.

 

Confira a cobertura da UBES sobre as mesas realizadas:

 

Encontro de Mulheres Estudantes: “Não somos mais a primeira-dama!”: Na abertura do 4º EME, participantes destacam que é preciso ocupar escolas, as ruas e também a política para reivindicar fim das desigualdades

O feminismo liberta, o machismo mata: Espaço de reflexão para os boys, durante o 4º EME, lotou o auditório da Faculdade Zumbi dos Palmares

 

Meninas negras empoderadas: Ativista Eliane Dias, da ONG SOS Racismo, foi uma das participantes do debate sobre o feminismo das negras no EME da UBES

 

A experiência de ser mulher, estudante e feminista: No 4º EME, mulheres de três gerações percebem que problemas relacionados ao machismo continuam quase os mesmos.

Machismo não combina com Educação: Estudantes e convidadas presentes no Encontro de Mulheres Estudantes (EME) da UBES discutiram outro modelo de ensino que promova a igualdade de gênero

Facebook Comments