Sesc está com inscrições abertas para a Oficina “Dramaturgia em dança: fazer, escrever, aparecer”

0
54

Como parte das ações de aperfeiçoamento do fazer artístico o Sesc realizará a oficina de “Dramaturgia em Dança: fazer, escrever, aparecer” dentro do projeto Sesc Dramaturgias. A oficina será ministrada pela bailarina, performer e jornalista Priscila Maia, do Rio de Janeiro. Com limite de 20 vagas, a oficina acontecerá em duas etapas: 28 a 31 de agosto e 26 a 29 de setembro, das 18h30 às 22h30h, no Teatro 1 Sesc da Unidade Sesc Esplanada. As inscrições já podem ser feitas gratuitamente na Central de Atendimento da unidade para a faixa etária acima de 16 anos. É importante destacar que o participante tem que estar presente nas duas etapas e vir com vestimentas adequadas a realização de exercício prático.

A oficina é destinada a artistas da dança (coreógrafos, dançarinos, performers, figurinistas, iluminadores e cenógrafos), como também artistas de outras linguagens artísticas (atores, pintores, fotógrafos, cineastas, produtores), estudantes e interessados em geral.

O objetivo da oficina é sensibilizar e experimentar a partir da escrita de gestos no tempo e no espaço. Serão trabalhados tópicos que ajudam a ampliar o entendimento do termo dramaturgia, a partir da observação de trabalhos em dança contemporânea e em outras artes, como a fotografia e o cinema. Em paralelo, política e estética caminham juntas; daí a importância em se abordar diferentes contextos de produção – do Brasil e de seus Brasis, da cena europeia à norte-americana. Ao longo dos cinco dias de oficina, serão realizados exercícios práticos para materializar os temas e criar problemas. São as escolhas e as dúvidas que se transformam em escrita artística. Nesta oficina, será associado a teoria à pratica, debate à criação, passado ao presente, tempo ao espaço. Criar em dança inclui olhar, falar, observar, escrever, não se mover e se mover. Ampliar o entendimento de dança e de coreografia. Em última instância, a oficina objetiva contribuir para o fortalecimento de um esquema de trabalho baseado na pluralidade, na cooperação e na democratização do conhecimento entre pares, com o objetivo de construir um espaço onde as singularidades atuem em comum.

A ministrante Priscila Maia é Carioca, 34 anos. Bacharel em jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e roteirista com especialização na Escuela Internacional de Cine Y Televisión (Cuba), desde 2003 dedica-se às artes vivas e integradas. Formou-se na Escola Angel Vianna e no Centro de Formación Profesional del S.I.C.A. (Argentina). Também atua como pesquisadora e roteirista para projetos audiovisuais nos meios do cinema e da televisão. É fundadora e artífice do Fórum Permanente de Dança do Rio de Janeiro.

Fonte: Moisés Costa/Comunicação Sesc

Facebook Comments