Segurança pública deve ajudar a fortalecer a família, diz governador Confúcio Moura a futuros sargentos da Polícia Militar

0
98
A turma de 271 sargentos está encerrando o curso, que durou seis meses

A segurança pública deve contribuir para o fortalecimento das famílias, a fim de que os pais assumam a responsabilidade pelos filhos. A sugestão foi transmitida pelo governador Confúcio Moura, nesta segunda-feira (14), no auditório da escola estadual Major Guapindaia, a 271 cabos da Polícia Militar, que estão concluindo o curso de formação para sargentos.

O curso tem o maior número de candidatos a sargento em toda a história da Polícia Militar. A formatura acontecerá no dia 25 deste mês.

A palestra do governador Confúcio Moura faz parte da etapa final do curso, que tem duração de seis meses e conta com cabos de diversas unidades da PM no estado.

O governador usou a situação do Rio de Janeiro, onde o modelo de Unidade de Polícia Pacificadora, superado após 10 anos de vigência, para fortalecer a proposta de reformulação do conceito de segurança pública. “Não há fórmulas definidas. Elas precisam ser criadas”, acrescentou, acentuando que as boas práticas devem ser compartilhadas.

“O sargento que leva seus policiais para visitar uma escola e buscar a integração com os moradores é um bom exemplo”, disse Confúcio.

Em outro ponto da palestra ele argumentou que os pais são responsáveis pelos filhos, a quem devem transmitir educação e cuidar para que respeitem horário para estar em casa, por exemplo.

O momento atual, conforme o governador, faz com que a sociedade se encante com as tecnologias e esqueça de cuidar dos filhos, que crescem sob influências diferentes das regras familiares.

Governador Confúcio Moura em palestra para novos sargentos

Aos futuros sargentos, Confúcio pediu que ouçam mais e deem atenção aos grupos mais discriminados, que podem contribuir com sugestões.

Confúcio falou aos alunos de sua trajetória profissional até ser governador de Rondônia, lembrando que iniciou como sargento da PM no estado de Goiás. “Tudo era diferente”, relatou.

Ele disse ainda que antes de se candidatar ao cargo de governador procurou ouvir os anseios dos policiais militares por onde passou. “Fiz promessas, mas consegui cumprir todas”, afirmou antes de desejar boa sorte aos futuros sargentos da PM.

O comandante geral da PM, coronel Ênedy Dias, afirmou que nenhum governador valorizou tanto a instituição quanto Confúcio Moura.

Ênedy apontou a autonomia financeira da instituição, a exigência de curso superior para ingresso na carreira e curso de direito para aspirantes ao oficialato, além da instituição do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) no âmbito da PM como demonstrações da forma diferenciada com que a Polícia Militar é tratada pela gestão estadual.

Leia mais:

 Comunidade escolar afirma que transformação da Escola Manaus de Porto Velho em Colégio Militar acaba sensação de insegurança


Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Bruno Corsino
Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments