Quinquênio-Sindeprof conquista volta de adicional por tempo de serviço aos servidores da Capital

0
165

Depois de 90 dias de pressão máxima e muito embate jurídico por parte do Sindicato dos Servidores Municipais de Porto Velho (Sindeprof), em companhia do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia (Sintero) o Projeto de Lei Complementar nº925/2017 entrou em processo de votação no final da tarde desta segunda-feira (9) em sessão ordinária na Casa de Leis da Capital Porto Velho (RO).

Com 17 votos a favor e três ausências, o projeto que Dispõe sobre a regulamentação do Adicional por Tempo de Serviço dos servidores da Capital rondoniense, enfim foi aprovado no Plenário das Deliberações do Poder legislativo com a participação em massa dos trabalhadores de diversas pastas do executivo.

A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Porto Velho, Ellis Regina, disse que movimentos ácidos e ríspidos foram respostas de primeiro plano contra os servidores, no entanto, o que prevaleceu no meio jurídico dos sindicatos foram o diálogo e o respeito com os recursos públicos destinados aos abnegados servidores de Porto Velho.

— Eu agradeço a todos os servidores que confiaram na nossa liderança em busca dos direitos trabalhistas do funcionário público de Porto Velho —  disse Ellis Regina.

Aplaudida de pé pelos servidores que estavam na galeria da Casa de Leis da capital, a presidente do Sindeprof Ellis Regina de forma sensata e nobre solicitou aos demais servidores que os agradecimentos deles deveriam se estender aos colegas de plenário, no qual também se sensibilizaram com a causa e aprovaram o projeto.

— Parabéns servidores municipais e podem contar comigo para as próximas lutas — declarou a Ellis na tribuna do Palácio Governador Jorge Teixeira.

Portanto, os servidores públicos do município podem comemorar que o adicional por tempo de serviço irá cair na conta bancária. Vale ressaltar que está faltando apenas 80 dias para as festas de final de ano.

 

Facebook Comments