Prefeitura de Porto Velho implanta política inovadora para crianças

0
391

A prefeitura de Porto Velho e o governo de Rondônia firmaram convênio na manhã desta quinta (1º), no valor de R$ 34,68 mil, para pagamento de um salário-mínimo a famílias que acolherem, por determinado período, crianças de 0 a 18 anos de abrigos sociais mantidos pelo município, através do programa Família Aconchego. Os recursos, do Fundo Estadual da Criança e do Adolescente.

O documento, assinado pelo prefeito dr Hildon Chaves e pelo chefe da Casa Civil do estado, Emerson Castro, é inovador na administração municipal e deve entrar em prática até abril deste ano. Inicialmente, 13 crianças que aguardam decisão judicial se vão ou não para adoção serão beneficiadas pela medida.

O acolhimento será feito por famílias interessadas já cadastradas e acompanhadas por assistentes sociais e psicólogos. Cada grupo receberá da prefeitura, através da Secretaria de Assistência Social e da Família, a ajuda de R$ 954.

Para o prefeito dr Hildon, que parabenizou a Semasf pela iniciativa, a política é inovadora, transferindo do ambiente de abrigos para ambientes familiares, “onde as crianças terão, além de amor e carinho, convívio social amplo, indo onde seus acolhedores forem. A proposta é que, cada vez menos, haja crianças internas em abrigos”.

De acordo com o secretário Claudi Rocha (Semasf), “atualmente o município mantém quatro abrigos – Lar do Bebê, Cosme e Damião, Casa da Juventude e Casa Moradia – e a proposta do Família Acolhedora é desativar, gradativamente, essas casas sociais e ampliar o acolhimento familiar”.

“Não se compra no supermercado amor, carinho, fundamentais na formação da criança. Além disso, deve-se destacar a importância do voluntariado das famílias acolhedoras, promovendo agregação com resultados infinitamente superiores através do acolhimento”.

A política social está se implantando depois de experiências em estados como Paraná, “onde não há mais abrigos”. Outro detalhe apontado pelo titular da Semasf: as famílias acolhedoras não podem candidatar-se a uma futura adoção definitiva”.

Emerson Castro e também a secretária estadual de Ação Social de Rondônia, Nete Sana, elogiaram a iniciativa do prefeito dr Hildon, do secretário Claudi e sua equipe na Semasf pela iniciativa de implantar política pública social fundamental na transformação da sociedade, o que consolida um trabalho muito bom efetivado na área.

Fonte: Semasf

Facebook Comments